Avaí marca nos acréscimos e vence na estreia de Claudinei Oliveira

O Avaí, com um gol aos 47′ da segunda etapa, arrancou uma vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, dentro do estádio Moisés Lucarelli. Além de estraçalhar um jejum de quatro jogos, o Leão da Ilha, sob novo comando, escalou na tabela e manteve o sonho do acesso mais vivo que nunca.

O Leão, até a noite deste domingo, fica com a 7ª posição com 40 pontos a frente da própria Ponte Preta. A Macaca, em crise, estaciona com os mesmos 40, agora na 9ª vaga.

Avaí arranca um empate aos 47′ da segunda etapa e vence na reestreia de Claudinei Oliveira – Foto: REBECA REIS/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

História do jogo

O Avaí desembarcou em Campinas (SP) em busca de paz. Se a chegada na imponente cidade paulista não garante esse espírito, uma vitória certamente cumpriria esse papel.

Vivendo mais um período de turbulência na temporada nos mais variados setores no estádio da Ressacada só um resultado positivo poderia trazer, ao menos, sossego para que a nova comissão técnica implemente seu trabalho.

Só na última semana, por exemplo, o clube aumentou seu jejum de vitórias, demitiu um técnico e viu quatro atletas envolvidos em confusão na frente de uma balada de Florianópolis.

O jogo

Se na capital de Santa Catarina o cenário não era o mais prospecto, em Campinas, a situação não era muito diferente. Pressionado no cargo, o técnico Marcelo Oliveira – o terceiro da Macaca na Série B – chegou com um desempenho de quatro vitórias em 13 jogos.

Os dois times, por sinal, chegaram no duelo separados por três pontos: 40 a 37 para os mandantes, na 7ª e 10ª colocão, respectivamente.

Duas bolas em campo

O jogo teve seu apito inicial em uma mera formalidade. O começo do duelo foi, mais ou menos, aos 33’ da primeira etapa. Gastón Rodriguez acionou Pedro Castro, na direita, que deu lindo passe em “cavadinha” para Valdívia, de cabeça, mandar para o fundo da rede. Avaí 1 a 0.

Antes mesmo de terminar a comemoração o Leão da Ilha sofreu o empate: jogada pela direita onde Apodi cruzou, na medida, para Bruno Rodrigues, na segunda trave: o camisa 11 ajeitou, de primeira, para Camilo na marca do pênalti conferir para rede. 1 a 1.

Os jogadores do Avaí reclamaram muito já que, na origem da jogada da Ponte Preta, havia duas bolas em campo. O árbitro, por entender que a bola em vigor estava em evidência, nada marcou.

Segundo tempo

Em números e também em postura a Ponte Preta voltou melhor. Além de ter evoluído em relação a si mesmo, entrou em campo na segunda etapa com maior organização que seu adversário.

O jogo, felizmente, ganhou com isso. Para os torcedores do Avaí, sem muito a comemorar, muitos sustos registrados no decorrer dos 45 minutos finais.

Lucas Frigeri, como o melhor em campo a altura dos 30’, fora a prova cabal da superioridade do time de Marcelo Oliveira.

No apagar das luzes

Foi aos 47′, no entanto, que o Avaí chegou ao gol da vitória. Bola na área da Macaca onde Ronaldo ganhou no alto e fez sobrar em Leandrinho, dentro da área. Ele dominou e bateu forte, sem chances para Ygor Vinhas.

Vitória e muita comemoração azurra no gramado do Moisés Lucarelli.

Próxima parada

O Avaí, já na próxima terça-feira, joga contra o Sampaio Corrêa, em São Luís (MA). O jogo está marcado para às 19h15.

Já a Macaca joga um dia antes, em Ponta Grossa (PR), contra o Operário.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta: Ygor Vinhas, Apodi, Wellington Carvalho, Alisson e Guilherme Lazaroni; Moisés, Neto Moura, Oyama e Camilo; Bruno Rodrigues e João Veras. Técnico: Marcelo Oliveira.

Avaí: Frigeri; Edilson, Betão, Alan Costa e Zé Marcos (; Jean, Foguinho (Leandrinho), Pedro Castro e Valdívia (Vinícius Leite); Romulo e Gastón (Ronaldo). Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Camilo (38/1T); Valdívia (33/1T), Leandrinho (47/2T).

Cartões amarelos: Alisson, Wellington Carvalho, Guilherme Lazaroni (PON), Lucas Frigeri, Zé Marcos, Ramon (AVA)

Arbitragem: Wanderson Alves de Sousa (MG), auxiliado por Marcus Vinícius Gomes (MG) e Celso Luz da Silva (MG).

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Data: 11/12/20.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.