Bancos de leite do DF precisam de doações neste final de ano


De acordo com Secretaria de Saúde, em outubro foram arrecadados 1.522,8 litros de leite e em novembro doações caíram para 1.408,9 litros. ‘Contribuições são menores no período de festas’, diz pasta. Banco de Leite Materno do DF recebendo doações de leite
Breno Esaki/Agência Saúde
A Secretaria de Saúde do Distrito Federal alerta para os baixos estoques de leite materno nos bancos de leite humano de Brasília. “O número de doações diminuí no final do ano, devido as festas”, diz a pasta.
Aleitamento materno: nutricionista fala sobre mitos e dificuldades da amamentação
10 benefícios da amamentação para a mãe e para o bebê, segundo a OMS
De acordo com secretaria, em outubro foram arrecadados 1.522,8 litros de leite humano. Em novembro, a arrecadação caiu para 1.408,9 litros.
Segundo a coordenadora das políticas de aleitamento materno e banco de leite humano do DF, Miriam Santos, o estoque está 1% maior que na mesma época, em 2019. “Porém, a queda nas doações nos preocupa muito”, afirma.
“Independentemente da época do ano, sempre há bebês internados que precisam de leite materno para se alimentarem e se recuperarem”, diz Miriam Santos.
A coordenadora explica que toda mãe que amamenta seu filho é uma potencial doadora de leite materno. “Basta estar amamentado e querer ser voluntária”, afirma.
Veja aqui onde e como doar leite materno no Distrito Federal
“Apesar de ser um ano atípico, as doações continuaram ocorrendo, e graças à solidariedade de várias mães, muitos recém-nascidos tiveram suas vidas salvas. Temos que agradecer às nossas doadoras que, mesmo em meio a essa pandemia de Covid-19, não hesitaram em ajudar os bebês que estão internados, pois o leite materno é o melhor alimento e ajuda na recuperação”, afirma Miriam Santos.
Banco de leite precisa de doação (vídeo de arquivo)
Projetos para 2021
Um dos objetivos do Banco de Leite Humano do DF, para 2021 é fornecer leite materno para os bebês que realizam procedimentos cirúrgicos no Hospital da Criança de Brasília (HCB) e no Hospital de Base. “São unidades que não possuem maternidade e nem Banco de Leite próprio”, explica a coordenadora das políticas de aleitamento materno e banco de leite humano, Miriam Santos.
No entanto, para que isso ocorra, ela aponta que é necessário que aumentem as doações. “Quem tiver interesse em doar deve ligar para o telefone 160, opção 4 ou acessar o site Amamenta Brasília e se inscrever. Depois disso, as equipes do Banco de Leite Humano entrarão em contato para agendar a visita do Corpo de Bombeiros que recolhe as doações em todo o DF”, diz Miriam.
Bancos de leite materno do DF estão com estoque baixo
Davidyson Damasceno/IGESDF
Serviço
Bancos de leite do DF:
DBLH HFA (Forças Armadas): telefone (61) 3966.2250
BLH HRAN (Asa Norte): telefone (61) 3325.4207
BLH HRAS (Asa Sul): telefone (61) 3445.7597
BLH HRBZ (Brazlândia): telefone (61) 3479.9643
BLH HRC (Ceilândia):telefone (61) 3372.9652
BLH (Gama): telefone (61) 3384.0337
BLH (Planaltina): telefone (61) 3388.9794
BLH HRPA (Paranoá): telefone (61) 3369.9980
BLH HRS (Sobradinho): telefone (61) 3387.3993
BLH HRSM (Santa Maria): telefone (61) 3392.6287
BLH HRT (Taguatinga): telefone (61) 3352.6900
BLH HUB (Universitário de Brasília): telefone (61) 2028.5391
Posto de coleta São Sebastião: telefone (61) 3339.1125
Posto de coleta HRSAM (Samambaia): telefone (61) 3458.9811
VÍDEOS: série mostra benefícios da amamentação
Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.