Banhistas ignoram proibição e continuam estacionando na orla do Rio

Neste sábado (12), muitos veículos estavam parados em frente à Praia da Barra da Tijuca. No primeiro sábado das novas medidas conjuntas para conter a Covid-19 no Rio, banhistas ignoraram a determinação de não estacionar na orla nos finais de semana e feriados.
Por volta das 12h, muitos veículos estavam parados em frente à Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, e não havia fiscalização.
Apesar do estacionamento proibido, as praias continuam liberadas.
As regras foram definidas após uma reunião com o prefeito Marcelo Crivella, o governador Cláudio Castro e os secretários de Saúde municipal e estadual, na quinta-feira (10).
As providências anunciadas são:
Escalonamento dos horários de funcionamento da indústria (a partir das 7h); dos serviços (a partir das 9h); e do comércio de rua (a partir das 11h), para evitar aglomeração nos transportes públicos.
Proibição de estacionamento na orla nos fins de semana e feriados;
Cancelamento das áreas de lazer nas orlas de Copacabana, Ipanema e Leblon e no Aterro do Flamengo aos domingos e feriados (as pistas, portanto, não serão fechadas ao trânsito de veículos);
Proibição do uso de áreas comuns de lazer em condomínios, onde não são usadas máscaras, como saunas e piscinas.
Permissão para shoppings e Centros Comerciais ficarem abertos 24 horas, para evitar aglomerações nos meios de transporte – essa medida já tinha sido anunciada.
VÍDEOS: as notícias do Rio e da Região Metropolitana:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.