Boeing investiga novo problema em outro avião

A Boeing está intensificando as inspeções em seus modelos 787 Dreamliner, lançados há 11 anos. E não faz nem dois anos que enfrentou um longo processo para colocar nos ares os modelos de médio alcance 737 MAX. O problema com o lançamento está em um defeito de fabricação em algumas partes do jato.

Até o momento, engenheiros e agentes reguladores dos Estados Unidos não acreditam que esses defeitos poderão significar um risco à segurança de voo. A empresa estaria, na verdade, sendo mais proativa do que no problema anterior. Contudo, todos continuam muito atentos à qualquer movimento da Boeing.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Adicionar aos favoritos o Link permanente.