Caesa amplia prazo para que clientes renegociem dívidas no AP; débitos chegam a R$ 2,2 milhões


Juros e multas zeradas, redução do valor de entrada e possibilidade de parcelamento seguem até dia 18 de dezembro, no Sebrae, em Macapá. São 2,4 mil clientes negativados. Clientes podem pagar contas de água atrasadas com multas e juros zerados
Ewerton Dias/Arquivo Pessoal
Cerca de 2,4 mil clientes que somam dívidas com a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) podem renegociá-las até o dia 18 de dezembro. A empresa oferece redução de juros e multas, redução do valor de entrada e possibilidade de parcelamento.
Os atendimentos acontecem na sede do Sebrae, no bairro Laguinho, Zona Central de Macapá, das 9h às 17h. São R$ 2,2 milhões em débitos a serem negociados, segundo a Caesa.
Caesa ampliou prazo para renegociação até dia 18 de dezembro
Camila Ramos/Divulgação
A renegociação integrou o “Mutirão Limpa Nome”, que aconteceu na quarta (9) e quinta-feira (10), e teve também atendimentos de empresas como o Serasa, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).
Os descontos variam de acordo com o perfil do devedor da Caesa.
Mas, de acordo com a companhia, a entrada fixa é de 10% do valor total da conta e o prazo de pagamento é de até 56 vezes.
A ação faz parte do programa do governo estadual “Amapá Mais Forte”, que fornece linhas de créditos para o pequeno empreendedor, que precisa estar com o nome “limpo”.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.