Campinas tem 84,4% dos leitos UTI Covid ocupados; nº de internados é o maior desde setembro


Boletim aponta 163 pessoas em vagas de terapia intensiva, maior número de internados desde 29 de setembro; metrópole tem 30 leitos vagos, 9 deles pelos SUS. Hospital Mário Gatti, em Campinas
Reprodução/EPTV
Campinas (SP) registra nesta sexta-feira (11) ocupação de 84,467% dos leitos exclusivos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19. É o maior número de internados na cidade desde 29 de setembro. Das 193 vagas abertas nas redes pública e privada, 163 estão ocupadas e 30 livres, sendo que nove são pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Em relação ao boletim do dia anterior, houve um aumento de seis internações, sendo quatro em leitos do SUS municipal e dois em hospitais privados.
Em coletiva pela manhã, o atual secretário de Saúde, Carmino de Souza, fez um alerta para que sejam evitadas aglomerações nas festas de fim de ano.
“A gente recomenda realmente não fazer aglomerações. A gente está perto de resolver a situação. O Natal de 2021 será diferente do Natal de 2020, mas esse Natal de 2020 nós temos que nos proteger, fazer distanciamento social se for possível.”
“Se puder ficar em casa e fazer os cumprimentos de maneira remota, é melhor. No Ano Novo também, nem preciso dizer que aquelas grandes aglomerações nas praias são totalmente contraindicadas. O aumento na Europa se deve principalmente a isso, então temos que nos cuidar.”, completa.
Ocupação de leitos nesta sexta-feira:
SUS Municipal: são 74 leitos, dos quais 69 estão ocupados (93,24%) e há 5 livres;
SUS Estadual (HC da Unicamp): há 17 leitos, sendo 13 ocupados (76,47%) e 4 vagos;
Particular: total é de 102 leitos, distribuídos entre 81 ocupados (79,41%) e 21 sem uso.
Estatísticas da cidade
Campinas elevou para 1.409 o número de pessoas que morreram por complicações da Covid-19. Foram três novos óbitos confirmados nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta sexta. O total de moradores infectados subiu para 45.989 após mais 209 registros.
USP e Unesp: Taxa de transmissão da Covid está em 1,7 na região de Campinas
Os novos casos e mortes contabilizados pelo governo municipal não significam, necessariamente, que ocorreram de um dia para o outro, mas sim registrados no sistema após resultados de exames.
Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus
Arte/G1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.