Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 13 de dezembro, segundo consórcio de veículos de imprensa


País tem 181.229 óbitos e 6.889.084 diagnósticos de Covid-19 registrados desde o começo da pandemia. Média diária de novos casos é a maior desde agosto. O Brasil tem 181.229 mortes e 6.889.084 casos de coronavírus confirmados até as 13h deste domingo (13), segundo o consórcio de veículos de imprensa.
Mortes: 181.229
Casos: 6.889.084
Às 20h de sábado (12), o consórcio divulgou o último balanço consolidado. Até então, o Brasil tinha 6.880.595 de casos (44.282 deles confirmados nas 24 horas anteriores ao balanço) e 181.143 mortes (690 delas nas 24 horas anteriores). Desde então, Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Tocantins divulgaram novos dados.
Média móvel de casos é a maior desde agosto
A média móvel de novas mortes no Brasil é de 643, segundo o último balanço consolidado. Isso significa que, nos últimas 7 dias até sábado, o país confirmou em média 643 novas mortes por cornoavírus por dia.
Esse número significa uma alta de 23% em duas semanas, o que indica tendência de aumento nas mortes por coronavírus no Brasil.
Das 27 unidades da federação, 17 apresentam tendência de alta nas mortes PR, RS, SC, ES, MG, SP, DF, MS, MT, AC, AP, RR, TO, BA, PB, PE, PI e RN (veja mais detalhes abaixo).
A tendência de novos casos também é de alta. A média móvel está em 43.414 novos diagnósticos por dia, segundo o balanço consolidado de sábado. Esse número é o maior desde 17 de agosto e representa alta de 25% em relação aos dados de duas semanas atrás.
Brasil, 12 de dezembro
Total de mortes: 181.143
Registro de mortes em 24 horas: 690
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 643 (variação em 14 dias: +23%)
Total de casos confirmados: 6.880.595
Registro de casos confirmados em 24 horas: 44.282
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 43.414 por dia (variação em 14 dias: +25%)
Estados
Subindo (17 estados + o DF): PR, RS, SC, ES, MG, SP, DF, MS, MT, AC, AP, RR, TO, BA, PB, PE, PI e RN
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (5 estados): RJ, PA, RO, AL e SE
Em queda (4 estados): GO, AM, CE e MA
Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).
Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.
Estados com mortes em alta
Editoria de Arte/G1
Estados com mortes em estabilidade
Editoria de Arte/G1
Estados com mortes em queda
Editoria de Arte/G1
Sul
PR: +27%
RS: +46%
SC: +42%
Sudeste
ES: +41%
MG: +40%
RJ: +5%
SP: +24%
Centro-Oeste
DF: +40%
GO: -24%
MS: +95%
MT: +44%
Norte
AC: +70%
AM: -51%
AP: +35%
PA: +9%
RO: +15%
RR: +57%
TO: +36%
Nordeste
AL: +11%
BA: +39%
CE: -25%
MA: -27%
PB: +93%
PE: +22%
PI: +23%
RN: +150%
SE: +10%
Brasil
Sul
Sudeste
Centro-Oeste
Norte
Nordeste
Consórcio de veículos de imprensa
Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais).
Adicionar aos favoritos o Link permanente.