CDC aprova vacina da Pfizer e da BioNTech nos Estados Unidos


Imunizante já havia sido liberado para uso emergencial na sexta-feira (11) pela agência reguladora de medicamentos americana FDA. A oficialização do CDC saiu após os conselheiros do órgão de saúde votarem pela recomendação da vacina. Profissionais de saúde participam de simulação da aplicação da vacina da Pfizer contra a Covid-19, na Indiana University Health, em Indianápolis, no dia 11 de dezembro
Bryan Woolston/Reuters
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão de saúde dos Estados Unidos, anunciou neste domingo (13) a aprovação da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech.
Na tarde deste sábado foi feita uma votação entre os conselheiros do CDC para avaliar a recomendação da vacina e, com 11 votos a favor e três abstenções, o comitê aprovou o imunizante, que foi liberado para uso emergencial na sexta-feira (11) pela agência reguladora de medicamentos americana, a FDA.
Agência dos EUA aprova uso da vacina da Pfizer e BioNTech
Com esta autorização formalizada pelo órgão, o governo norte-americano planeja acelerar a vacinação nas próximas semanas e meses.
O general do Exército dos Estados Unidos Gustave Perna disse em uma coletiva de imprensa neste sábado que as primeiras doses da vacina da Pfizer e BioNTech serão entregues em 145 localidades ao redor do país na segunda-feira (14).
As demais 636 localidades de entrega selecionadas pelos estados e territórios dos Estados Unidos receberão as doses na terça-feira (15) e na quarta-feira (16).
Adicionar aos favoritos o Link permanente.