Ceará registra mais de 321 mil casos de Covid-19 e chega a 9.883 óbitos pela doença


O número de pessoas recuperadas da doença passa de 260 mil. O Ceará registrou, até a manhã desta quinta-feira (17), 321.567 casos confirmados de Covid-19 e 9.883 óbitos em decorrência da enfermidade. Uma morte foi registrada nas últimas 24 horas. Em todo o Estado, já são 260.260 pessoas recuperadas da doença. As informações são do IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizado às 8h46.
Há ainda 37.012 casos suspeitos. O Estado já realizou 1.243.019 testes para identificação do novo coronavírus. No Ceará, já foram notificados 1.015.015 casos da doença desde o início da pandemia.
Comércio poderá funcionar de 9h às 23h, e festas de fim de ano em barracas de praia, hotéis e restaurantes são proibidas no Ceará
Os municípios com maiores incidências de casos da doença, em números proporcionais a 100 mil habitantes, são registradas em Acarape (12.988,1), Frecheirinha (11.029), Crateús (8.744,7), Groaíras (7.291,3) e Quixelô (7.213,5).
Fortaleza tem incidência de 2.869,2. A capital cearense concentra os maiores números absolutos: 76.589 diagnósticos positivos e 4.112 óbitos.
Na região do Cariri, Juazeiro do Norte registra 16.772 casos confirmados e 313 mortes. A incidência da doença no município é de 6.116,5. Já na cidade do Crato, também no Cariri, são 8.164 diagnósticos positivos e 104 óbitos.
Em Sobral, na região Norte do Estado, 12.944 pessoas foram infectadas e 321 não resistiram à doença. A incidência é de 6.195,2.
Na Região Metropolitana de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Maranguape registram os maiores números de casos confirmados da doença, respectivamente. Caucaia, que apresenta incidência de 1.938,8, contabiliza 7.007 pessoas infectadas pela doença. O município também registra o segundo maior número de mortes, com 367 óbitos decorrentes da Covid-19.
Maracanaú tem incidência de 3.671,6. No município, 8.367 diagnósticos positivos e 260 pessoas não resistiram a doença. Em Maranguape, a incidência de casos está em 4.407,7 e 120 pessoas morreram pela Covid-19, entre os 5.685 casos confirmados.
Veja outras informações da plataforma:
A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 71,24%;
A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 39,07%;
A letalidade da doença no Estado é de 3,1%;
Houve uma morte confirmada pela doença nas últimas 24 horas.
Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.
Decreto
Na sexta-feira (11), o governo estadual publicou o Decreto 33.845/2020 com regras para evitar o contágio de Covid-19 no período de festas de fim de ano. Entre 15 de dezembro de 2020 e 4 de janeiro de 2021, as festas realizadas nas residências no Ceará devem ter, no máximo, 15 pessoas, incluindo moradores e colaboradores, entre outras regras.
Todas as regiões do Ceará estão na quarta e última fase do plano de retomada econômica. Os bares seguem fechados. O retorno das aulas presenciais do 3º ao 8º anos do ensino fundamental, aulas de cursos preparatórios para o ensino médio e da educação infantil estão liberadas mediante o cumprimento de normas sanitárias. As redes públicas estadual e municipal ainda não retomaram as aulas presenciais.
Infográfico mostra os sintomas da Covid-19
G1
Adicionar aos favoritos o Link permanente.