Com alta de casos, Ilhabela instala barreira sanitária na balsa


Lotação foi reduzida, passageiros vão ter que manter distância mínima e passar por aferição da temperatura antes do embarque. Prefeitura descartou novo fechamento da balsa. Devido a aumento de casos de Covid-19, Ilhabela inclui novas regras na travessia de balsa
Prefeitura de Ilhabela/Divulgação
A Prefeitura de Ilhabela instalou uma barreira sanitária para a travessia na balsa. De acordo com a gestão, todos os passageiros vão ter a temperatura aferida antes de entrar e a lotação também foi reduzida, para manter os distanciamento dentro do transporte. As medidas passam a valer neste sábado (12).
De acordo com a prefeitura, as novas regras foram tomadas por causa da alta de casos e da chegada da temporada, com aumento no volume de turistas. A cidade registra hoje sexta-feira (11) 2.673 casos confirmados da doença e 14 óbitos. A secretaria de saúde informou que a alta de casos da última semana, 224 confirmados, é a maior desde julho, quando a cidade registrou a máxima histórica durante a pandemia.
As novas medidas na travessia começam a valer a partir das 6h. A gestão informou que equipes vão estar no acesso para a medição de temperatura e organização do fluxo de turistas para manter a lotação máxima. Além disso, vão ser feitas fiscalizações nos coletivos da cidade.
Apesar dos protocolos, a gestão informou que descarta a possibilidade de fechamento da balsa. O acesso ao arquipélago ficou restrito de março a julho deste ano. A medida gerou polêmica e donos de imóveis de temporada na cidade chegaram a acionar a justiça com pedido de liminar para acessar a ilha.
Hospital de campanha
A Prefeitura de Ilhabela começou a montar nesta quinta-feira (10) a estrutura de um hospital de campanha. Segundo a prefeitura, o novo local deve reforçar o atendimento hospitalar e receber pacientes sem sintomas de Covid-19.
Com isso, a estrutura permite que a prefeitura reforce o atendimento para casos de coronavírus no Hospital Mário Covas, que tem leitos reservados para o tratamento. O hospital de campanha está sendo montado em uma área anexa ao hospital.
A previsão é de que a estrutura fique pronta em até dez dias com capacidade total de 46 leitos.
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e Região
Adicionar aos favoritos o Link permanente.