Como anunciar o dia, se ainda não há uma vacina liberada?, Paulo Alceu comenta pedido do STF

Ontem (13), o ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski deu o prazo de 48 horas para que o governo anuncie uma previsão das datas de início e término da vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

No documento assinado pelo ministro ainda há a solicitação de dados sobre quais devem ser as diferentes fases da imunização.

Até o momento, nenhuma vacina foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Confira o comentário de Paulo Alceu sobre o tema.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.