Coral Santa Cecília da Catedral Metropolitana lança vídeo comemorativo aos seus 70 anos

Foto: Divulgação/ND

O Coral Santa Cecília da Catedral Metropolitana de Florianópolis lança nesta quinta-feira (17), às 19h30, em seu canal no YouTube, o vídeo comemorativo aos seus 70 anos de fundação.

Presidido e regido desde 2017 pelo professor Pedro Cabral Filho, que sucedeu o padre Ney Brasil Pereira, de quem era maestro assistente, após a morte do religioso, o coro tem atualmente 30 componentes.

A produção editada por Eduardo Serafim traz depoimentos de ex e atuais integrantes, desde a formação do grupo vocal. A maioria entrou muito jovem, na adolescência, e tem mais de três décadas de participação, como o próprio Pedro, que ingressou aos 15 anos.

Coral Santa Cecília sob regência de Pedro Cabral Filho (à dir.) – Foto: Divulgação/ND

Hoje, a coralista mais antiga em atividade é Maria do Carmo Bonatelli, a Carminha, que completa 63 anos de dedicação ao Santa Cecília em 2020.

Além dela, gravaram seus testemunhos alguns dos vários casais que se conheceram no coro, organistas e ex-dirigentes, como Dauth Emmedörfer, que presidiu o grupo por muitos anos e até hoje é chamado de “eterno presidente”.

O vídeo resgata por meio da oralidade a história desta entidade bastante atuante na vida cultural e religiosa da cidade. Por incontáveis vezes, o coro fez suas apresentações próprias, participou de eventos e promoveu outros ao lado de grupos congêneres.

Padre Ney Brasil Pereira (à dir.) regendo o Coral Santa Cecília em 2011, no auditório da Assembleia Legislativa – Foto: Fábio Queiroz/Agência AL/Divulgação/ND

Na primeira imagem, Pedro entra sozinho na Catedral, não para reger um concerto impossibilitado pela pandemia, mas para lembrar de apresentações passadas conduzidas por ele e pelo padre Ney.

A partir daí, entremeado pelas entrevistas, são interpretadas obras como “Hino a Santa Cecília”, composto e regido pelo saudoso sacerdote, que também conduz “Panis Angelicus”, de Cesar Frank; e “Ó Fronte Ensanguentada”, de Sebastian Bach, sob batuta de Pedro.

O Coral Santa Cecília gravou vários CDs, apresentou-se pelo país e no exterior diversas vezes e também canta músicas populares. Para este ano, programava-se para homenagear o maestro Carlos Lucas Besen na passagem de seu aniversário, em agosto, mas os ensaios e a apresentação foram suspensas devido às normas sanitárias.

Foto: Divulgação/ND

Adicionar aos favoritos o Link permanente.