Coronavírus: fim de semana no DF tem bares cheios e abertos além do horário permitido


Decretos prevê que estabelecimentos fechem às 23h, mas imagens mostram funcionamento durante madrugada. Flagrantes ocorreram em Águas Claras, Guará II e Taguatinga. Bares de pelo menos três regiões do DF desrespeitaram horário de funcionamento
O fim de semana no Distrito Federal teve bares lotados e que desrespeitaram os protocolos de segurança contra o novo coronavírus. Com limite de funcionamento até as 23h, estabelecimentos de pelo menos três regiões estavam abertos no início da madrugada. Além disso, os frequentadores se aglomeravam e não usavam máscara de proteção facial (veja vídeo acima).
Covid-19: Ibaneis restringe horário de funcionamento de bares e restaurantes no DF
Coronavírus: com alta na taxa de transmissão no DF, governo alerta para 2ª onda
Imagens obtidas pela reportagem mostram o desrespeito às regras. No Guará II, por exemplo, um bar ficou aberto até 1h. Moradores da região registraram os frequentadores do local. Eles estavam aglomerados, ouviam sol alto e não usavam máscara de proteção facial.
Em Águas Claras, também houve flagrante de aglomeração em um bar. Dezenas de pessoas estavam em pé e, por meio das imagens, é possível ver que os clientes não respeitavam o distanciamento social – medida necessária para evitar a disseminação do novo coronavírus.
Bar de Águas Claras, no DF, tem aglomeração no fim de semana
TV Globo/Reprodução
Estabelecimentos no Pistão Sul e na avenida Comercial Sul de Taguatinga também desrespeitaram o horário de funcionamento estabelecido pelo governo do DF. No sábado (12), alguns dos bares funcionaram até o início da madrugada.
A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística, o DF Legal, responsável pela fiscalização nesse tipo de estabelecimento. Entretanto, não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
Bares e restaurantes com horário limitado
Em 1° de dezembro, o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), publicou decreto que restringiu o horário de funcionamento de bares e restaurantes da capital. A medida determina que os estabelecimentos encerrem as atividades às 23h.
Essa foi a primeira ação do Executivo que retomou restrições desde o início do relaxamento das medidas de isolamento social durante a pandemia. Ibaneis anunciou a medida um dia após a Secretaria de Saúde alertar sobre uma possível segunda onda de contaminação pela Covid-19.
Entretanto, o chefe do Palácio do Buriti decidiu ampliar o horário desses estabelecimentos e de eventos culturais durante as festas de Natal e réveillon. Portanto, em 24 e 31 de dezembro, não haverá restrição de funcionamento.
Covid-19 no DF
Levantamento da Secretaria de Saúde mostra que, até domingo (13), o Distrito Federal tinha 239.096 infectados e 4.066 mortos pela Covid-19. A pasta considera que 227.460 pessoas estão recuperadas na capital – 95,1% do total de diagnosticados.
Confira o mapa do coronavírus no DF
Com 28.073 casos, Ceilândia tem a maior quantidade de diagnósticos no Distrito Federal. Em seguida, está o Plano Piloto, com 20.718 infectados e Taguatinga, que soma 19.579 notificações da doença.
Todos contra a Covid-19: mensagens de brasileiros em tempos de isolamento
Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.