Coronavírus: Secretários da região de Piracicaba pedem mais 30 leitos para o Hospital Regional


Segundo a Secretaria de Saúde de Piracicaba, governo estadual comunicou que a ampliação acontecerá até o final deste ano. Cidades registram aumento na ocupação de vagas. Prédio do Hospital Regional de Piracicaba
Davi Negri
Os 26 secretários municipais de Saúde do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Piracicaba (SP) pediram ao governo estadual a reabertura de pelo menos 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional de Piracicaba, em função do novo avanço da pandemia de coronavírus.
A informação é da Secretaria de Saúde de Piracicaba. Segundo a pasta, o governador João Doria (PSDB) comunicou que a ampliação acontecerá até o final deste ano.
Em um mês, a taxa de ocupação de UTIs sobe de 21,3% para 39,9% na região de Piracicaba. Já a ocupação das enfermarias teve alta de 15,1% para 27%. A média móvel era de 32 internações na quarta-feira (9), maior número deste 7 de setembro.
Hospitais de Piracicaba (SP) registram aumentos nos atendimentos e taxas de ocupação de leitos para pacientes com Covid-19 nas últimas semanas. Ao G1, unidades relataram reabertura de ambulatório para casos de coronavírus, planos de ampliação de vagas e, por outro lado, evolução nos protocolos para combater a doença.
O Hospital Regional de Piracicaba informou no último dia 3 de dezembro que está operando com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 15 leitos clínicos para casos de Covid-19. Atualmente, as taxas de ocupação têm variado de 70% a 80% nesses setores e mudam no decorrer da pandemia, informou a unidade. Há um mês atrás, estavam em torno de 40% a 50%.
Questionada sobre outras medidas adotadas para conter a pandemia, a Prefeitura de Piracicaba citou fiscalização, orientação, intensificação de testagem e manifestação constante do secretário sobre a importância do distanciamento social, uso de máscaras, não aglomeração e higiene individual.
Para conter casos de Covid, governo de SP anuncia novos horários para o comércio no estado
Mais 2 mil leitos
Devido ao avanço da pandemia, o governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (11) a redução do horário de funcionamento de bares e ampliou o de shoppings para conter aglomerações.
Na mesma coletiva de imprensa, o governo afirmou que irá ampliar em 2 mil o número de novos leitos destinados para pacientes diagnosticados com a doença.
“Uma notícia importante é a manutenção, a garantia de 2 mil leitos de UTI do SUS para esse enfrentamento. Lembrando que no momento pré-pandemia, a Secretaria de Saúde contava com 3,5 mil leitos de UTI. Este número foi ampliado para 8,5 mil leitos de UTI, mais 140% de aumento. Sendo que destes 8,5 mil leitos, 2 mil não estão habilitados pelo Ministério da Saúde”, disse Eduardo Ribeiro, secretário-executivo da Saúde.
“Então o anúncio do governo do estado de São Paulo hoje é que ele garantirá o funcionamento desses 2 mil leitos para atendimento dos pacientes Covid”, completou.
Questionado sobre as cidades onde serão criados este leitos, o governo estadual não retornou até a última atualização.
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Adicionar aos favoritos o Link permanente.