Coronavírus: vacina da Pfizer causa reação alérgica em profissional de saúde nos EUA

Dias após a vacina da Pfizer causar reações alérgicas em duas pessoas no Reino Unido, um novo caso é registrado nos EUA. A afetada foi uma profissional de saúde de meia idade que recebeu o imunizante na capital do Alasca, em Juneau.

De acordo com o The New York Times, a reação se manifestou 10 minutos após a funcionária receber a vacina, apresentando uma reação anafilática com vermelhidão na pele e falta de ar. Ela foi rapidamente medicada com epinefrina, medicamento comumente utilizado em reações alérgicas graves, que fez com que a reação desaparecesse rapidamente.

A profissional de saúde atualmente segue em estado estável no Hospital Regional Bartlett, onde a médica Lindy Jones, que é diretora do departamento de emergência, segue observando seu estado.

Clique aqui para ler mais

Adicionar aos favoritos o Link permanente.