Corregedoria prende doze PMs acusados de participação em esquemas de corrupção no Centro de São Paulo


Entre os policiais detidos, pelo menos dois são agentes de área acusados de corrupção e favorecimento ao tráfico de entorpecentes na região do Glicério, Centro da capital paulista. Viaturas do 7º Batalhão de Ações Especiais de PM (Baep), alvo de operação da Corregedoria da Polícia Militar nesta quarta (16).
Reprodução/Redes Sociais
A Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo prendeu nesta quarta-feira (16) doze policiais militares acusados de participação em esquemas de corrupção na região central da capital paulista. A ação aconteceu no Comando de Policiamento Metropolitano 1, responsável por quartéis do Centro.
Entre os doze policiais presos, dois são agentes de área acusados de corrupção e favorecimento ao tráfico de entorpecentes, e outros 10 são policiais do 7º Batalhão de Ações Especiais de PM (Baep), no bairro da Moóca, na Zona Leste, acusados de falso testemunho e concussão, que é o uso do cargo para obter vantagens indevidas.
Na operação, a Corregedoria encontrou drogas e armas irregulares no alojamento de alguns policiais, presos em flagrante e encaminhados ao presídio militar Romão Gomes, na Zona Norte da capital paulista.
As prisões foram decretadas pelo juiz Álvaro Machado Marques, do Tribunal de Justiça Militar de SP, a pedido da própria Corregedoria. Parte dos policiais presos são acusados de ligação com o tráfico de drogas na baixada do Glicério, no Centro da capital.
Vídeos: Tudo sobre São Paulo e Região Metropolitana
Adicionar aos favoritos o Link permanente.