Covid-19 mata hoteleiro Tarcisio Schmitz

O empresário Tarcisio Schmitz, ex-presidente do Sindicato dos Hotéis de Santa Catarina durante mais de 20 anos, faleceu hoje no Hospital SOS Cárdio, vítima do Covid-19.
Ele construiu e administrou durante anos hotéis em Ponta das Canas e nos Ingleses, com iniciativas pioneiras.
Depois de vender os imóveis, mudou-se para Balneário Camboriu, abrindo uma empresa de produtos agrícolas em Itajaí.
Com a pandemia viu-se obrigado a encerrar as atividades da empresa e voltou a residir em Florianópolis.
Há cerca de oito dias estava bem. Seu amigo e sucessor no Sindicato dos Hotéis, Estanislau Bresolin, manteve longa conversa, quando testemunhou o bom estado de saúde. No dia seguinte, Tarcisio sentiu os primeiros sintomas do coronavirus, foi internado no SOS Cárdio, mas infelizmente não resistiu ao poder do vírus.
O presidente do Sindicato e Federação dos Hotéis, Estnislau Bresolin, publicou nota de falecimento: “Meu amigo, tive a honra de trazê-lo para o nosso meio. Foi meu sucessor no Sindicato e meu Vice na Federação até quando saiu do setor e foi tocar outro tipo de negócio em Itajaí. Nos falávamos sempre ao telefone e na véspera do seu teste conversamos bastante e falou do seu medo de pegar esse vírus por algumas comorbidades. Uma perda lamentável. Estava em plena forma e muito ativo.
Tinha voltado a morar na Ilha recentemente e tinha planos. Tristeza”.
Durante mais de duas décadas, Tarcisio Schmitz foi um dos maiores lutadores pela melhoria e profissionalização do turismo em Santa Catarina. Reagia contra a letargia governamental, e a frequência com que as autoridades realizavam apenas encontros, seminários, reuniões e encontros, sem fatos concretos. Irritava-se muitas vezes com o amadorismo.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.