Criminosos se passam por funcionários do GACC e levam dinheiro que seria para a instituição no sul da Bahia

Cinco casos da mesma natureza foram descobertos. Em três deles, doadores entregaram o dinheiro. Outros dois contribuintes desconfiaram e não fizeram a doação. Criminosos se passam por funcionários de instituição e roubam dinheiro de arrecadação
Pessoas que estão se passando por funcionários do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) têm aplicado um golpe em moradores de Itabuna, no sul da Bahia. Segundo a instituição, os suspeitos estão recolhendo doações em dinheiro e não as repassam ao GAAC.
Somente na última semana, foram cinco denúncias. Em três delas, o dinheiro foi entregue ao farsante. Nas outras duas, os contribuintes desconfiaram e acabaram não entregando a doação.
O primeiro golpe foi descoberto por um funcionário da instituição, que busca doações em domicílio.
Segundo ele, em contato para confirmar a doação, a contribuinte informou que outra pessoa já havia recolhido. Quando, na verdade, alguém recebeu o recurso em nome do instituto e levou o dinheiro.
Segundo a coordenadora da central de doações do GACC, Emanuele Santos, a arrecadação despencou no período da pandemia e disse que a instituição precisa da doação dos recursos para comprar os insumos necessários para o atendimento às crianças.
“Por causa da pandemia perdemos mais de 40% na nossa arrecadação. A instituição precisa de doação financeira por conta do que precisamos comprar com o valor”, declarou.
O GACC é uma associação sem fins lucrativos e cuida de meninos e meninas em tratamento de oncologia desde 1988, prestando serviços a pacientes, em sua maioria, em situação econômica desfavorável, sendo a grande maioria do interior do estado.
Veja mais notícias do estado em G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia
Adicionar aos favoritos o Link permanente.