Damares usa só 44% da verba do ministério da Mulher e Direitos Humanos

(Foto: Anderson Riedel/PR)

Pasta pagou só 6% dos 24,6 milhões de reais destinados a políticas de igualdade e enfrentamento da violência contra a mulher

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves, gastou, em 2020, apenas 44% da verba disponível à pasta, de um total de 853,3 milhões de reais. O levantamento foi feito pelo jornal O Globo.

De acordo com o veículo, os 373,5 milhões desembolsados efetivamente consideram compromissos já firmados com orçamento de anos anteriores (restos a pagar) que foram quitados em 2020.

Dos 24,6 milhões de reais destinados para políticas de igualdade e enfrentamento da violência contra as mulheres, por exemplo, o Ministério só pagou 6%.

A pasta desembolsou apenas 55,5 mil, ou seja, menos de 1% do previsto para implementação da Casa da Mulher Brasileira e de outros centros de atendimento semelhantes, de 62,7 milhões. O empenho chega a 48,4 milhões de reais, ou 77% do total.

O levantamento foi feito com base no Siga Brasil, a partir de informações atualizadas até o último dia 24. O Ministério contesta os dados.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.