Desembargador aposentado do Acre Jorge Araken morre vítima da Covid-19


Desembargador aposentado Jorge Araken Faria da Silva morreu neste sábado (12), aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco, com Covid-19. Morre desembargador aposentado do Acre, Jorge Araken, vítima da Covid-19
Arquivo/TJ-AC
O desembargador aposentado Jorge Araken Faria da Silva morreu neste sábado (12), aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco, com Covid-19.
Por causa de complicações da doença, o desembargador estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Em nota, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJ-AC), desembargador Francisco Djalma, comunicou o falecimento do colega e decretou luto oficial de três dias.
Jorge Araken atuou no Poder Judiciário Acreano de 1968 a 1985 e foi o único desembargador, até então, presidente do Poder Judiciário por dois mandatos (1974 – 1975 e 1984 – 1985). Na época, a Corte Acreana de Justiça era composta ainda por cinco desembargadores.
Nascido na cidade do Rio de Janeiro, ele deixa três filhos e três netos.
“Conhecido por seu compromisso e trabalho com legalidade no âmbito jurídico e acadêmico, suas histórias e inteligência, sua garra e luta por conquistas, o desembargador Jorge Araken deixa uma trajetória marcada pelo servir, missão que exerceu com respeito e dignidade, honrando o direito público. Como legado fica a sua dedicação magistral à prestação jurisdicional”, destaca a nota.
Em respeito às orientações das autoridades sanitárias, por conta da pandemia, o TJ-AC informou que não haverá velório. Além disso, o órgão também não divulgou informações sobre o horário e local de sepultamento.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.