Ericsson processa Samsung alegando violação de contrato sob royalties e patentes

A Samsung acaba de ser processada pela gigante Ericsson, que entrou esta semana nos EUA com uma ação argumentando violação de licenças de patentes bem como de compromissos contratuais sobre pagamentos de royalties.

Em um comunicado oficial, a Ericsson (que mudou recentemente suas fábricas para o Vietnã) informou que acredita que foram violados os termos e condições de licenciamento Justos, Razoáveis ​​e Não Discriminatórios (FRAND), além do sistema que permite o acesso a IP sob padrões móveis globais e também a recompensa de contribuintes por pesquisa e desenvolvimento.

A firma alegou nos autos processuais que várias negociações de renovação de licença atrasarão o pagamento de royalties de IP, caso se estendam além da expiração das licenças existentes para um período não licenciado, acrescentando que, uma vez renovados, os royalties não pagos devem ser recuperados e reconhecidos como receita no momento da renovação.

Clique aqui para ler mais

Adicionar aos favoritos o Link permanente.