Estados Unidos retiram Sudão da lista de países que apoiam o terrorismo

Os Estados Unidos retiraram o Sudão da lista de países que apoiam o terrorismo nesta segunda-feira, 14. Dessa maneira, o país africano deve passar a receber mais investimentos estrangeiros, já que aqueles que o fizerem não sofrerão mais ameaças de sanções do governo norte-americano. A mudança acontece depois do governo sudanês ceder às pressões da Casa Branca de reestabelecer as suas relações com Israel, assim como os Emirados Árabes, o Bahrein e, mais recentemente, o Marrocos, fizeram desde o início do mandato de Donald Trump. O Sudão era designado como apoiador de atentados terroristas desde 1993, quando o então presidente Omar al Bashir foi acusado de manter relações com a Al-Qaeda. O líder do grupo terrorista, Osama bin Laden, teria inclusive se hospedado no país durante a década de 1990.

*Com informações de agências internacionais

Adicionar aos favoritos o Link permanente.