Familiares e amigos fazem homenagens em redes sociais à piloto morto em acidente em Angra


Eurico Azevedo estava sozinho na aeronave que caiu em uma área de mata, na Vila Histórica de Mambucaba. Velório está previsto para domingo, no Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda. Piloto de helicóptero morreu em acidente na Vila de Mambucaba, em Angra
Redes Sociais
Familiares e amigos de Eurico Azevedo foram às redes sociais prestar homenagem ao piloto, de 44 anos, morto em um acidente de helicóptero na última sexta-feira (11), em Angra dos Reis, na Costa Verde. Mais de 20 mensagens foram deixadas na página do piloto.
A aeronave em que ele estava caiu em um manguezal na região da Vila Histórica de Mambucaba. O acidente aconteceu no entorno de um hotel, às margens da BR-101 (Rodovia Rio-Santos).
De acordo com o Corpo de Bombeiros, Eurico estava sozinho no helicóptero.
“Inacreditável , meu amigo, cliente e parceiro do surf, meu Deus que ano é este, fica com Deus Eurico Azevedo. Brother, meus sinceros sentimentos aos amigos e a sua família”, diz um dos posts.
Initial plugin text
Initial plugin text
O vocalista do Grupo Figurótico, de Volta Redonda, conhecia a vítima fez um pots comentando sobre seu trabalho como piloto.
“Fazia altos voos panorâmicos, especialmente pelo Rio, sobrevoando o Cristo Redentor. Sempre dizia a ele que um dia encararia meu medo de altura e faria um voo em seu helicóptero. Coisa do destino, morreu fazendo o que gostava. ”
Último registro na rede social
Registro feito pelo piloto Eurico Azevedo horas antes do acidente em Angra dos Reis
Redes Sociais
Horas antes do acidente, Eurico fez um post em sua rede social sobrevoando o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e comentando sobre o céu encoberto.
Segundo familiares, ele passou a infância em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro, e atualmente morava no Rio. Ele estava em Angra para participar de uma festa de aniversário.
Parentes do piloto, que também participariam do evento, estão acompanhando o processo de liberação do corpo no IML.
O velório está previsto para domingo (13), às 9h, no Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda.
Causa da queda está sendo apurada
Helicóptero bate em fiação elétrica, cai e interdita BR-101, em Angra dos Reis
Reprodução/Redes sociais
Testemunhas disseram que parte da hélice teria atingido a fiação elétrica antes da queda. Por conta disso, o entorno do Parque Mambucaba e todos os bairros de Paraty ficaram sem energia elétrica.
Em nota, o Cenipa informou que uma equipe foi até Angra para investigar as causas do acidente, e que o processo está em estágio inicial.
Segundo o comunicado, “o primeiro passo é fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos”. Não há um prazo para conclusão da investigação.
VÍDEO: as notícias do RJ1 deste sábado
Adicionar aos favoritos o Link permanente.