Farmácia de alto custo suspende entrega em domicílio e usuários de Campinas temem aglomerações na pandemia


Secretaria de Saúde do Estado defende que medida foi adotada de forma emergencial e que orienta os usuários a utilizarem o aplicativo para agendamento e retirada dos medicamentos a partir de janeiro de 2021. Pacientes de Campinas (SP) que dependem da farmácia de alto custo e que estavam recebendo os medicamentos em casa estão temerosos com o fim do serviço, anunciado pelo governo do estado para este mês de dezembro. Adotada desde junho por causa da pandemia do novo coronavírus, a entrega evitava a exposição de pessoas, muitas delas com comorbidades, às filas de espera que são comuns na unidade.
Servidora aposentada, Neide Aparecida Alves recebeu a entrega dos remédios em casa pela última vez nesta segunda (14). Junto com o aviso da suspensão, a recomendação do estado para que ela utilize o aplicativo ‘Remédio Agora’ para agendar a retirada dos remédios a partir de janeiro de 2021.
Além de reclamar do fim da entrega, que classificou como “excelente enquanto durou”, Neide questiona como será, ainda com a pandemia, a questão da aglomeração da unidade, chamada oficialmente de Farmácias de Medicamentos Especializados (FME).
“Foi muito bom, fez com que diminuísse a fila. Quando a gente ia lá, ficava um acúmulo grande. Era muito complicado pois tinha muita gente e o tempo de espera era insuportável”, lembra.
Aviso da interrupção da entrega em domicílio recebido por Neide Alves, em Campinas (SP)
Neide Aparecida Alves
Questionada, a Secretaria de Estado da Saúde confirma o fim do serviço de entrega dos remédios em domicílio
“A entrega em casa foi uma estratégia utilizada em caráter emergencial e temporário, como foi comunicado aos colaboradores e pacientes. Assim, a FME Campinas já está comunicando os pacientes sobre a importância de agendamentos e utilização do ‘Remédio Agora’ para otimizar a rotina dos pacientes e evitar aglomerações na unidade”, diz o texto.
Segundo a pasta, o uso do aplicativo reduz em 25% o número de pessoas dentro de cada farmácia. “Além disso, os agendamentos também diminuem o tempo de espera, que fica em torno de 15 minutos. O app pode ser baixado pelo Google Play, para smartphones com sistema Android, e também no App Store, para quem utiliza iOS. É necessário ter acesso à internet para utilizá-lo.”
“As idas à farmácia não duravam 15 minutos, sempre mais de meia hora. As filas costumam dar voltas”, completa Neide.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.