FIGUEIRENSE 1 X 2 AMÉRICA: Nota dos jogadores, comentário e avaliação do trein. Jorginho

DERROTA DO FIGUEIRENSE, APESAR DA BOA ATUAÇÃO

Não era o resultado que o torcedor do Figueirense esperava, mas a derrota para o América por 2 x 1 nesta noite de sexta(17)  no estádio Orlando Scarpelli, foi um dos melhores jogos do alvinegro nesta temporada. O time saiu na frente, não recuou e jogou de igual com o time mineiro que no ano que vem estará na Série A do futebol brasileiro. O azar foi a infelicidade do goleiro Rodolfo que aceitou um chute defensável no fim da primeira etapa e a pane do sistema defensivo logo no início do segundo tempo possibilitando o gol da virada.  No restante da partida, mesmo perdendo, o time do Figueirense não se prendeu no sistema defensivo e jogando para cima, de forma ofensiva, tentou buscar o gol de empate. Chances até foram criadas, mas pararam no forte sistema defensivo do América. Resultado ruim, para um bom futebol, apesar dos vários problemas que o Jorginho teve para escalar a sua equipe.

 

RODOLFO – Apesar de novamente praticar boas defesas, acabou falhando no gol do América    NOTA 6

THIAGUINHO – Preso na marcação, não apoia no ataque como deveria.  NOTA 6

(DAVI KUHN) – Entrou no final. SEM NOTA

JONATHAN – Uma partida séria e eficiente. Não comprometeu.   NOTA 6

MATHEUS NERIS – Marcou um gol, cumpriu sua missão na defesa e até se arriscou nas subidas para o ataque.  NOTA 7

RENAN LUIS –  O mesmo futebol burocrático de sempre. Como lateral poderia ser mais incisivo.    NOTA 5

PATRICK (C) – Nas saídas de bola, a bola para os seus pés, mas os passes se limitam aos toques para o lado. Defensivamente cumpre a sua missão.  NOTA 6

NONATO – Até sair lesionado na primeira etapa, atuava bem como o restante da equipe.  NOTA 7

(GUILHERME) – Não conseguiu repetir algumas das últimas atuações. Carregou demais a bola. NOTA 5

LÉO ARTUR – Boa partida, principalmente na primeira etapa e enquanto teve fôlego. Correu, buscou o jogo e armou boas jogadas. NOTA 7

DIEGO GONÇALVES – Nesse “renascimento” do Figueirense com o Jorginho, é um jogador que está destoando, está devendo.  NOTA 4

(FÉLIX MICOLTA) – Visivelmente fora de forma teve uma chance na entrada da área e perdeu a bola. E só. NOTA 5

BRUNO MICHEL – Um primeiro tempo participativo, arriscou chutes. Sumiu no segundo tempo.  NOTA 6

(ITINGA) – Vou repetir: gostaria de ver esse jogador desde o início da partida para “sentir o jogo”. Entra sempre fora do ritmo. NOTA 5

ALECSANDRO   Apesar de ser atacante, atuou longe da área, quase como um homem de criação. Mas o que falta de  fôlego, sobra em vontade.  NOTA 6

(LUCAS BARCELOS) – Teve a sua chance de gol. Não se omitiu e brigou no seu setor. NOTA 6

JORGINHO –  Apesar da derrota, o Figueirense mudou o seu jeito de jogar, de atuar. O time toca com personalidade e parte para cima do adversário. Aqui no caso, o adversário é o América que vai garantir o seu acesso e ainda brigar pelo título da Série B. Jorginho ainda teve muitos problemas para escalar a sua equipe por causa das lesões. Uma derrota que não deve abater o mérito do seu trabalho. Apenas uma correção, Diego Gonçalves não está jogando bem, deveria começar no banco. Quem sabe com a entrada desde início do Itinga para sentir o jogo?

. – Foto: .

Adicionar aos favoritos o Link permanente.