França prevê início da vacinação contra a Covid-19 para o fim de dezembro

A França anunciou que pretende começar a vacinação contra a Covid-19 na última semana de dezembro, caso existam condições para isso. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 16, pelo primeiro-ministro francês Jean Castex perante a Assembleia Nacional da França. Segundo Castex, que estava acompanhado pelo ministro da Saúde Olivier Véran, a primeira fase da campanha de vacinação, que durará de seis a oito semanas, o objetivo é vacinar um milhão de pessoas com idade avançada. Eles pretendem superar a relutância de uma parcela significativa da população francesa que não planeja ser imunizada. Uma segunda fase envolverá a imunização e 14 milhões de pessoas que são consideradas vulneráveis por conta de seu estado de saúde ou histórico médico. Profissionais da saúde também serão vacinados. “No final da primavera, vamos abrir a vacinação a toda a população”, concluiu Castex.

Por conta das compras coletivas feitas pela União Europeia, a França receberá doses para vacinar 100 milhões de pessoas, tendo uma população de 67 milhões de habitantes. Castex também disse que “nenhuma vacinação, nem mesmo nas residências […] será feita sem o consentimento informado das pessoas envolvidas”. Ele também disse estar convencido de que a “chegada da vacina” será uma inflexão no combate à doença, mas que o começo da vacinação não representa o “fim da pandemia”, alertando que será necessário seguir com as medidas de restrição. Castex concluiu dizendo que assim que os resultados sobre o comportamento da pandemia durante as festas de fim de ano estiverem disponíveis a reabertura de cinemas, teatros museus e casas de show será estudada.

*Com informações da EFE

Adicionar aos favoritos o Link permanente.