A maior competição náutica da América Latina precisou ser adaptada à realidade da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A 47ª edição da Semana de Vela de Ilhabela está confirmada para o período de 27 a 30 de julho, mas, ao invés de medirem forças nas águas do litoral norte paulista, os velejadores se enfrentarão em regatas on-line, por meio de um aplicativo de simulação chamado Virtual Regatta.

O game, criado em 2010, está disponível para computador e celular nos sistemas operacionais IOS e Android. O jogo contempla provas offshore (oceânicas) e inshore (percurso limitado por boias). Segundo o site oficial do Virtual Regatta, são mais de dois milhões de inscritos. O game é parceiro da federação internacional de vela (World Sailing), que promove disputas virtuais da modalidade há dois anos.

“É um aplicativo dinâmico, prático, não exige uma máquina superpotente e simula bem situações do real para o virtual. Quem já é velejador, consegue aplicar esse conhecimento, o que fazer para não ser ultrapassado ou como recuperar posições”, conta à Agência Brasil o velejador Samuel Solano, que além de instrutor da escola pública de vela Lars Grael, de Ilhabela, compete em regatas virtuais. Ele é, inclusive, o terceiro do ranking mundial de regatas por equipe em outro game de vela, o Virtual Skipper.

A Semana de Vela virtual terá 20 regatas inshore, disputadas em percursos de cidades disponíveis no aplicativo, como Rio de Janeiro, Auckland (Nova Zelândia, considerada a capital mundial da vela), Marselha (França, que receberá as provas da modalidade na Olimpíada de 2024), Newport (Estados Unidos, uma das sedes da Volvo Ocean Race, mais antiga regata de volta ao mundo) e Palma de Mallorca (Espanha). A relação completa ainda será divulgada.

A competição presencial estava inicialmente prevista para o período de 4 a 11 de julho, mas, devido à pandemia, foi cancelada em maio. “O formato será diferente, mas com o mesmo espírito que eu conclamei a não deixarmos enfraquecer, o espírito da vela”, declarou o organizador da disputa e diretor do Yacht Club de Ilhabela, Mauro Dottori, ao perfil oficial do evento no Instagram. A cerimônia de abertura, no próximo dia 27 de julho, também será virtual, a partir das 19h (horário de Brasília).

“Será novidade para todo mundo. No Brasil, tem muita gente boa que veleja no virtual, então, será disputado. E será divertido porque grandes nomes da vela pode ser que participem. Quem sabe, correr com Robert Scheidt ou Torben Grael”, comenta Solano, que competiu três vezes na Semana de Ilhabela e atuou na organização do evento nas últimas três edições.

A última edição reuniu cerca de mil velejadores em 120 embarcações, divididas em nove classes. Desta vez, por se tratar de uma prova virtual, não haverá a divisão por categorias.


Com Agências