ANTT monta fiscalização contra o transporte clandestino na Região Metropolitana


Dois veículos foram autuados na noite desta sexta-feira (16), na BR-381, em Betim. A rota é comumente utilizada por passageiros que vêm do nordeste brasileiro em direção a São Paulo. Ônibus não tinha autorização para fazer viagem até São Paulo
Reprodução / TV Globo
Pelo menos dois veículos foram autuados por técnicos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) na noite desta sexta-feira (16). Eles eram utilizados para o serviço de transporte de passageiros de maneira irregular.
Um micro-ônibus foi o primeiro a ser abordado. O veículo saiu da Paraíba e seguia para São Paulo, quando foi interceptado pela fiscalização. Dentro dele, oito adultos e uma criança. A situação era irregular, já que o micro-ônibus não tem autorização para o transporte de passageiros. O motorista foi autuado e o veículo, apreendido.
Um outro ônibus foi parado pela fiscalização. Os agentes descobriram que o transporte também seguiria para São Paulo. Dessa vez, saindo de Novo Cruzeiro, no interior de Minas Gerais. Os passageiros tiveram que ser realocados para outros ônibus, que fazem o transporte regular.
A BR-381 é utilizada como principal rota de acesso do nordeste brasileiro até São Paulo. De acordo com a ANTT, é um dos pontos por onde passam muitos veículos de transporte irregular. Com a apreensão dos carros, os passageiros são levados para a rodoviária mais próxima para poder continuar a viagem. O responsável pelo pagamento das passagens é o dono do transporte clandestino.
Punição
Segundo a fiscalização da ANTT, o veículo flagrado em situação irregular, principalmente prestando serviço de transporte de passageiro, fica retido. O responsável por ele recebe uma multa no valor de R$ 7.600,00.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.