Anvisa recebe documentos prévios de farmacêutica brasileira para estudos de vacina russa da Covid

Agência reguladora esclarece, no entanto, que ‘documentação ainda não é um pedido formal’ de aprovação para as pesquisas clínicas. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quinta-feira (29) que recebeu “documentos prévios que tratam da vacina Sputnik V contra a Covid-19”. O órgão regulador esclarece, no entanto, que esse “ainda não é um pedido formal” de aprovação para as pesquisas clínicas no Brasil.
Esta reportagem está em atualização.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.