Após nova reunião, governo insiste em usar precatórios na Renda Cidadã

Nesta quarta-feira, 30, foi realizada mais uma reunião para discutir os recursos para custear o projeto de assistência social do governo Bolsonaro, o Renda Cidadã. Foi a quarta nos últimos quatro dias. Terminou sem solução e o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), tem reafirmado que serão utilizados recursos previstos para pagar os precatórios — as dívidas judiciais da União — para financiar o programa.

A quantidade de encontros para alinhar a proposta vem esbarrando na inexistência de espaço fiscal. Por isso muitos congressistas apoiam a ideia de colocar o projeto fora do teto de gastos. Seria como dar um cheque em branco ao governo. O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem dito a pessoas próximas que se rompido este limite, isso poderia significar sua saída do governo.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”