Após temporal com ventos de cerca de 100 km/h, Belo Horizonte e Região Metropolitana ainda têm pontos sem luz


Cemig informou no início desta manhã que falta de energia atingia consumidores da Pampulha e Venda Nova, na capital, e de Contagem e Betim. Árvore caiu na Rua A, no bairro Luar da Pampulha, em Contagem
Elton Lopes/TV Globo
O temporal com ventos de cerca de 100 km/h que atingiu a Região Metropolitana de Belo Horizonte na noite desta quarta-feira (14) segue causando transtornos a moradores. De acordo com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), no início da manhã desta quinta-feira (15), pontos das regiões da Pampulha e Venda Nova, na capital, e de Contagem e Betim permaneciam sem luz.
“A chuva e a ventania derrubaram árvores sobre a rede elétrica, além de lançarem galhos e outros objetos em direção aos cabos de energia, provocando curto-circuitos e consequentemente rompimento da fiação em vários pontos”, informou a empresa por meio de nota.
A chuva começou a atingir a Grande BH no início da noite, e a ventania assustou a população. Em alguns bairros, como o Caiçara, na Região Noroeste da capital, houve queda de granizo. E em muitos locais houve interrupção no fornecimento de energia.
Segundo a Cemig, imediatamente após o início das ocorrências, equipes da empresa foram acionadas para o início dos reparos.
A companhia informou que reforçou o número de equipes para os atendimentos nesta manhã. Cerca de 400 profissionais, entre engenheiros, técnicos e eletricistas, atuam diretamente nos trabalhos de recuperação da rede elétrica.
Ainda de acordo com a Cemig, a previsão é que o fornecimento seja normalizado para todos os clientes ao longo desta quinta.
Desabamento
Além da falta de luz, o temporal acompanhado de ventania derrubou paredes do terceiro andar de uma casa, no bairro Pompeia, na Região Leste de Belo Horizonte.
Segundo o Corpo de Bombeiros, duas das quatro paredes, com 2,8 m de altura cada, caíram e atingiriam o imóvel ao lado. Não houve vítimas.
Os militares disseram que a estrutura havia sido construída horas antes do desabamento.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”