Apple critica Facebook por ignorar privacidade e monetizar em cima de dados dos usuários

Facebook, Apple, Google e muitas outras gigantes da tecnologia tem um “podre” envolvendo privacidade de dados de seus usuários – a maçã, por exemplo, já foi bastante criticada por políticas empregadas na App Store (que há pouco reduziu a taxa de comissão de 30% para 15% para alguns desenvolvedores), mas isso não a impediu de criticar o Facebook publicamente.

Em um caso de “sujo falando do mal lavado”, a gigante de Cupertino apontou dedos para a empresa de Mark Zuckerberg, alegando que postergou um recurso que reforçava privacidade no iOS por causa da publicidade de nicho, tática bastante utilizada pela rede social.

Colocando em contexto, a técnica trata-se de uma análise dos dados dos usuários baseada em vários fatores como localização, análise de cookies e outros para entregar o chamado “conteúdo publicitário de relevância”.

Clique aqui para ler mais

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.