Ator Jonas Mello será sepultado em Santos, no litoral de SP

O corpo do ator Jonas Mello, de 83 anos, que morreu nesta quarta-feira (18) de causas naturais, será velado a partir das 14h, no Cemitério Memorial de Santos, no litoral paulista. O enterro está previsto para acontecer às 18h, informou a irmã do artista, Josefina Rodrigues de Mello, ao R7.

Ator Jonas Mello de 86 anos será sepultado em Santos  – Foto: Reprodução Instagram

De acordo com ela, o irmão vivia sozinho e tinha uma rotina ativa. “Ele dirigia, fazia as compras, caminhava pelo bairro e estava bem para um senhor de 83 anos”, disse à Agência Record.

Josefina conta ainda que o irmão ligou para um primo e disse que não estava se sentindo bem. O parente foi até a casa e o encontrou sem vida na cama.

Jonas Mello foi uma das estrelas da novela Escrava Isaura (2007), da Record TV, em que interpretava o personagem Francisco – braço direito do vilão Leôncio. Em 1999, também na emissora, ele participou do elenco de Estrela de Fogo.

Carreira

Jonas Mello nasceu em São Paulo, em 20 de outubro de 1937. O artista começou a carreira na televisão em 1969, na produção A Cabana do Pai Tomás, da TV Globo, e, ao longo das últimas décadas, acumulou participações em novelas nas principais emissora do Brasil.

Logo depois, ele foi para a Record TV, onde fez Os Deuses Estão Mortos, Sol Amarelo, O Tempo Não Apaga, O Leopardo, Vendaval e Vidas Marcadas. Na TV Tupi, ele atuou em Os Inocentes, Meu Rico Português, Os Apóstolos de Judas, Um Sol Maior e João Brasileiro, O Bom Baiano.

De volta à Globo, em 1979, o artista participou de Os Gigantes, Chega Mais (1980), Coração Alado (1981), Baila Comigo (1982) e Terras do Sem Fim (1982). No mesmo ano, ele foi pela a TV Cultura, onde atuou em O Coronel e o Lobisomem (1982) e Paiol Velho (1982).

Depois assinou com o SBT, onde fez as novelas Conflito e Acorrentada. No mesmo ano, ele integrou o elenco de Maçã do Amor, na TV Bandeirantes. De volta à TV Globo, fez Partido Alto (1984). Voltou ao SBT fazendo Jogo do Amor (1985).

Em 1986, estreou na TV Manchete, na novela Dona Beija. Ai então retornou novamente à Globo, atuando em O Outro (1987), Bambolê (1987), Pacto de Sangue (1989), Barriga de Aluguel (1990) e O Portador (1991).

Em 1996, atuou na minissérie Irmã Catarina, produzida pela Associação do Senhor Jesus e exibida na Rede CNT/Gazeta. Pelo mesmo canal e no mesmo ano, fez a minissérie Ele Vive e as novelas A Última Semana e Antônio dos Milagres. Em mais um retorno ao SBT, fez Dona Anja (1997). No mesmo ano, na Record TV, fez a novela Por Amor e Ódio e a minissérie O Desafio de Elias; e na Manchete Mandacaru.

Entre 1998 e 1999, fez Estrela de Fogo, na Record TV. Em 1999, fez Suave Veneno e Vila Madalena, na Globo. Em 2004, ele integrou o elenco de A Escrava Isaura, da Record TV. Já em 2010, de volta à Globo, ele fez uma participação especial em Araguaia. Em 2011, fez O Astro. O último trabalho de Jonas Mello na televisão foi em Flor do Caribe, em 2013, também na emissora carioca.

O artista também já fez cinema, nos filmes O Cangaceiro (1997) e Lula, O Filho do Brasil (2010); e é dublador de diversos filmes e desenhos animados.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.