Beowülf e Selva lançam So Bad com vocais de Isa Guerra em música eletrônica ousada para pistas

O duo teve a força de Beowülf na produção e idealização da track.

Selva, formado por Pe Lu e Brian Cohen, mais do que DJs, já eram músicos e compositores habilidosos muito antes de se apaixonarem pelo cenário da música eletrônica há cerca de três anos. A track So Bad traz essa bagagem do duo por meio da composição autoral do duo, conta Pe Lu:

“A So Bad traz uma mistura de dois pontos que o Selva quer mostrar agora: a nossa essência como compositores de música pop, de refrões e melodias; e a roupagem eletrônica voltada pra pista com um drop forte.”

Essa mistura trouxe uma fórmula que funciona na pista: O drop agressivo, uma composição simples, melódica e pop que gruda como chiclete. O duo teve a força de Beowülf na produção e idealização da track, com a pausa dos shows devido a pandemia essa collab saiu do papel, como conta Brian:

“Conhecemos o Beowülf por meio de um remix da Why Don’t U Love, que inclusive nunca saiu, mas mantemos o contato e amizade desde então. Com a pandemia tivemos oportunidade de organizar os projetos de estúdio e foi quando voltamos com a ideia da collab. Primeiro eu e o Pe Lu conversamos muito sobre uma música com uma repetição lírica curta que ficasse na cabeça e passei a conversar muito com o Beowülf sobre.”

Cada artista em seu estúdio e uma conversa no whatsapp foram suficientes para dar início à produção da track, como conta beowülf:

“A ideia da So Bad nasceu de uma conversa muito doida de whatsapp com o Brian,que temos os áudios salvos até hoje, mesmo não nos encontrando muito pessoalmente o background de músicos/banda trouxe um carinho e um respeito enorme entre nós. E foi uma troca de ideias, cada um no seu estúdio por conta da pandemia. Estou muito feliz com o resultado e tenho certeza que muita gente vai curtir”.

Beowulf trouxe uma força, qualidade e criatividade para o arranjo que o duo estava compondo, faltava apenas Isa Guerra com seu vocal para amarrar todas as pontas da track, como conta Pe Lu e Brian:

“Tinhamos uma demo do vocal que gostávamos e a Isa topou gravar pra gente, e quando a Isa entrou parece que conectou tudo da track, era exatamente o que esperávamos para a So Bad”, conta Pe Lu.

“O Drop agressivo, o bass forte, O kick forte ao mesmo tempo temos a voz da Isa que é um elemento delicado, é até uma brincadeira com os opostos que traz esse equilíbrio para a track”, completa Brian.

So Bad é resultado de uma união de talentos e competências de todos envolvidos na idealização dessa música, finaliza Pe Lu em relação ao projeto:

“O resultado é um reforço sobre o que o Selva é, um projeto de música eletrônica entendendo nossa vertente no nicho e na pista mas ao mesmo tempo sem perder a essência daquilo que fazemos de melhor, que é escrever canções.”

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.