Bolsas da China fecham em queda, mas têm ganhos no mês

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,63%, mas acumulou alta de 2,4% em outubro. Na Europa, mercado recua em dia volátil e caminha para pior semana desde março. O mercado acionário da China fechou em baixa nesta sexta-feira (30), pressionado por empresas de alimentos e bebidas após crescimento mais lento dos lucros no terceiro trimestre, embora os índices tenham registrado ganhos mensais com a força dos papéis de consumo discricionário e de bancos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,63%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,47%.
No mês, o CSI300 subiu 2,4%, enquanto o SSEC ganhou 0,2%. O índice de start-ups ChiNext recuou 1,6%, enquanto o STAR50 caiu 1,3% nesta sexta-feira. Em outubro, o primeiro subiu 3,2% e o segundo perdeu 1,8%.
O índice CSI SWS de alimentos e bebidas recuou 3,8% na sexta-feira. No mês, o índice de consumo discricionário do CSI300 liderou os ganhos ao avançar 11%, enquanto o setor bancário saltou 5,7%.
Na Europa, o mercado acionário europeu recuava nesta sexta-feira em um dia de volatilidade, com a nova rodada de lockdowns por conta do aumento de casos de coronavírus afetando as perspectivas para a recuperação econômica. O índice FTSEEurofirst 300 caía 0,27%, a 1.320 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,2%, a 341 pontos, a caminho de perdas semanais de mais de 6% no que pode ser a maior queda desde que o índice despencou 18% em meados de março.
Veja as cotações de fechamento as bolsas da Ásia:
Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,52%, a 22.977 pontos.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,95%, a 24.107 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,47%, a 3.224 pontos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,63%, a 4.695 pontos.
Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 2,56%, a 2.267 pontos.
Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,92%, a 12.546 pontos.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,10%, a 2.423 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,55%, a 5.927 pontos.
Vídeos: veja últimas notícias de economia no Brasil e no mundo
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.