21 de setembro de 2020

Jornal Floripa

Agência de Notícias

Bom Jardim da Serra volta atrás, mantém comércio local aberto, mas decreta fechamento de pontos turísticos

Hotéis, pousadas e restaurantes devem permanecer fechados pelos próximos 15 dias. Entre os pontos afetados pela medida está o Mirante da Serra do Rio do Rastro. São Joaquim também adotou as mesmas medidas após grande circulação de turistas nos últimos finais de semana.


Bom Jardim da Serra volta atrás, mantém comércio local aberto, mas decreta fechamento de pontos turísticos

O município de Bom Jardim da Serra chegou a implementar nesta segunda-feira (20) um lockdown, que iria durar sete dias. No entanto, poucas horas após entrar em vigor, o prefeito Serginho Rodrigues de Oliveira (PTB) editou novo Decreto, alterando as restrições.

O novo Decreto, similar ao adotado pela Prefeitura de São Joaquim, permite a abertura do comércio local ficando apenas as atividades turísticas restritas no município como Hotéis, Pousadas, Pontos turísticos e restaurantes. Restaurante e lanchonetes podem atender apenas somente no sistema delivery.

Além disso, pontos turísticos como o Mirante da Serra do Rio do Rastro, também não poderão receber visitantes. O decreto reforça ainda a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro de estabelecimentos comerciais e na rua. Serviços de processamento de dados ligados a serviços essenciais também podem funcionar.

Os demais setores do comércio, indústrias e prestação de serviço poderão permanecer funcionamento respeitando o distanciamento de 1,5 e adotando as normas sanitárias e de higienização.


Com Agências