Bovespa abre a semana em alta


Na semana passada, Ibovespa acumulou queda de 1,35%. A bolsa de valores brasileira, a B3, abriu em alta nesta segunda-feira (28), diante de um exterior mais otimista e com os investidores aguardando detalhes sobre a segunda etapa da reforma tributária a ser anunciada pelo governo.
Às 10h08, o Ibovespa subia 0,22%, a 97.214 pontos. Veja mais cotações.
Na sexta-feira, a bolsa fechou em queda de 0,01%, a 96.999, acumulando baixa de 1,35% na semana. Com o resultado, a bolsa passou a acumular baixa de 2,38% no mês e perda de 16,12% no ano.
Governo deve apresentar nesta segunda (28) parte da reforma tributária
Cenários
No exterior, dados mostrando que os lucros das empresas industriais da China cresceram pelo quarto mês consecutivo em agosto ajudavam a melhorar um pouco o humor dos investidores, em meios às permanentes incertezas sobre o ritmo de recuperação econômica global.
Nos EUA, a expectativa é com o início dos debates nesta semana entre o presidente Donald Trump e seu concorrente, Joe Biden, para a vaga da presidência. “A expectativa é que o mercado acionário passe a incorporar o sobe e desce das pesquisas, o que representa uma maior volatilidade ao longo do mês nas bolsas de valores do país e sua influência nos seus pares em outros países”, destaca a equipe da Mirae Asset.
Por aqui, as atenções seguem voltadas a expectativa em torno da apresentação de detalhes da segunda etapa de propostas para a reforma tributária. Segundo o Blog da Ana Flor, o presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com líderes para discutir os detalhes e definir, dentre o cardápio de opções apresentado pela equipe econômica, quais estarão na proposta final do governo. Em todas elas, está a criação do novo tributo para compensar a desoneração de parte da folha salarial.
Os economistas do mercado financeiro melhoraram sua estimativa para a queda do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano e também voltaram a estimar inflação acima de 2% para 2020 — algo que não acontecia desde o final de abril.
Para 2020, a previsão de retração da economia passou de 5,05% para 5,04%, segundo o boletim Focus do Banco Central divulgado nesta segunda. Para o IPCA, a estimativa agora é de uma alta de 2,05% no ano.
Variação do Ibovespa em 2020
G1 Economia
Veja vídeos: últimas notícias de Economia
suVejau mais cotações
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.