Buenos Aires volta a receber turistas brasileiros a partir de novembro

Além dos brasileiros, turistas dos países vizinhos à Argentina também poderão entrar em terras portenhas a partir desta sexta-feira, 30. No entanto, há limitações. O acesso somente se dará por Buenos Aires, via aeroporto de Ezeiza ou pela balsa que vem do Uruguai. O viajante também precisará preencher um formulário online, garantindo que não sairá da região metropolitana da capital, apresentar exame PCR negativo para o coronavírus, feito com amostras do nariz e da garganta, feito até 72 horas de antes da viagem, e apresentar um seguro-viagem que cubra a enfermidade.

As fronteiras argentinas estão fechadas desde março e, por via terrestre, permanecerão fechadas. O governo explicou que a autorização de entrada de estrangeiros é uma forma de fomentar o setor de turismo. No geral, Argentina voltou a autorizar os voos nacionais de turismo na semana passada. Até o momento não há previsão para que turistas europeus ou de outras nacionalidades sejam liberados. Ao todo, o país já somou até esta quarta-feira, 28, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, mais de 1,1 milhão de casos da doença.

Atualmente, nove países aceitam turistas brasileiros sem testes ou quarentena: Afeganistão, Albânia, Haiti, Macedônia, México, República Dominicana, Sérvia, Tanzânia e Turquia. Eslovênia, Irlanda e Turquia exigem apenas quarentena. Pelo menos 70 países já aceitam receber brasileiros com apresentação de testes negativos para coronavírus. Outros 82 países, nos cinco continentes, não aceitam turistas que tenham vindo do Brasil.

*Com informações do repórter Fernando Martins 

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.