Caciques do PSDB enrolados com a Justiça desaparecem da campanha

Não é só o Partido dos Trabalhadores – alvo preferido de críticos de centro e direita – que desapareceu da campanha deste ano (não há candidato petista com chances nas capitais).

O PSDB vê seu ninho esfacelado após operações da Polícia Federal de 2018 para cá – algumas da Lava Jato desde 2014 já cercam grãos tucanos. Uma leva importante de nomes desapareceu completamente dos ‘santinhos’ e das fotos de outdoors de candidatos a prefeitos.

São ex-governadores e ex-presidenciáveis como Aécio Neves (MG), José Serra (SP), Marconi Perillo (GO), Beto Richa (PR), Geraldo Alckmin (SP) e Yeda Crusius (RS). A maioria com o camburão rondando a porta.

Que malvada

Joice Hasselmann (PSL) aparece na TV no horário eleitoral quase inaudível. “Estou falando baixo, para não acordar o prefeito. Ele está sonhando que trabalha”.

Todos meus!

De olho no eleitorado paulistano para 2022, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) é estrela de inserções de candidatos. Na TV, pede para votar “nos meus vereadores”.

Tão perto

João de Deus – apesar do tarado, existe o médium – tem orientando famosos seguidores por telefone. E quer voltar a atender na casa Dom Ignácio em Abadiânia ainda este ano (se a Justiça deixar). Ele segue em prisão domiciliar na vizinha Anápolis.

Tá gravado

Por essa o candidato do PSB à Prefeitura do Recife, João Campos, não esperava. A Justiça não acolheu pedido para a campanha de Mendonça Filho (DEM) retirar da TV elogios do prefeito Geraldo Júlio (PSB) à liberação de R$ 10,8 milhões para a construção de seis creches.

Geraldo é o principal cabo eleitoral de Campos. No vídeo usado na inserção do adversário DEM, o prefeito agradece ao então ministro do MEC Mendoncinha a atenção com a cidade e diz que as crianças vão ter educação desde muito cedo.

O social capitalista

O título da modalidade Filantropia Premiável, para interessados em apoiar projetos de organizações sociais, por meio da cessão do direto de resgate de suas reservas, arrecadou R$ 1,1 bilhão e destinou R$ 443,3 milhões a entidades entre janeiro e agosto. Os dados são da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap).

Tchau, corona!

Conforme publicamos, a arrecadação de Títulos de Capitalização somou R$ 14,7 bilhões em agosto. E os resgates recuaram 1,38%, o que mostra estabilização na praça.

El nuevo Che

As voltas (ideológicas) que o mundo dá – com outras gerações. Um neto do revolucionário argentino Che Guevara fixou residência na paradisíaca praia de Porto de Galinhas (PE) após desembarcar no Brasil no programa Mais Médicos. Não quer voltar para Cuba. Fez amigos e agora faz negócios. E tornou-se influencer digital.

Ele é José Angel Lima Guevara, e diz gostar de turismo. No instagram, dá dicas de passeios a mais de 130 mil seguidores. As informações são do parceiro portal Minas1.

Cara de paisagem

Fundado em 1825 e mais antigo da América Latina, o Diário de Pernambuco passa por crise sem precedentes. Salários estão atrasados e há demissões. O Sindicato da categoria não dá uma palavra em socorro dos associados. Força, jornalistas!

Nas rádios

Acompanhe todas as sextas os comentários deste colunista nas Rádios Roquette Pinto ( Programa Raphael de França , 10h), Super TUPI ( Programa Luiz Ribeiro, 19h ), Muriaé FM ( Programa Jorge Luiz, 11h30 ); e aos domingos na JK FM, Brasília, Programa Ponto e Vírgula, às 8h.

Zé Esplanador

Mais uma do Zé Esplanador, nosso querido e atento leitor, ciente de que ‘Perguntar não ofende, Cobrar é de direito’: Como vai o cardápio do gato do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pago pelo contribuinte, no Palácio Laranjeiras?

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”