Câmera de segurança mostra início da confusão antes do assassinato brutal de João Alberto no RS

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por dois seguranças brancos na véspera do Dia da Consciência Negra. As agressões e a imobilização duraram mais de cinco minutos. Novas imagens de câmeras de segurança de uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, mostram o início da confusão antes do assassinato brutal de João Alberto por dois seguranças. Veja o vídeo acima.
João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por dois seguranças brancos na véspera do Dia da Consciência Negra. As agressões e a imobilização duraram mais de cinco minutos.
Ele fazia compras com a esposa quando teria ocorrido um desentendimento com uma funcionária do local. Ela chamou a segurança, que levou João Alberto para o estacionamento, onde ocorreram as agressões.
João Alberto foi enterrado na manhã deste sábado (21), em Porto Alegre. Amigos e familiares fizeram uma última homenagem à vítima.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.