Campinas tem média de 24 veículos apreendidos por mês na Lei do Pancadão, diz prefeitura


Legislação proíbe a circulação de veículos com som alto. De janeiro a setembro, foram 218 carros guinchados. GM de Campinas registra 218 veículos apreendidos até setembro pela Lei do Pancadão
Campinas (SP) teve uma média de 24 veículos guinchados por mês por conta da Lei do Pancadão, no período de janeiro a setembro deste ano, de acordo com a prefeitura. A legislação proíbe a circulação de veículos com som alto, o que caracteriza perturbação de sossego.
De acordo com os dados da administração, nos nove meses de 2020 o município registrou 218 apreensões. O número é maior que o balanço fechado dos últimos quatro anos. Veja abaixo:
Ainda de acordo com o Executivo, o período com maior número de apreensões foi 2015, ano da criação da lei, com 294 carros guinchados.
Os veículos apreendidos são levados para o pátio da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e o motorista é multado em 500 Unidades Fiscais (Ufics), que equivale a R$ 1,8 mil. Em caso de reincidência, o valor passa a ser de R$ 3,6 mil.
Na madrugada desta quarta-feira (14), a Guarda Municipal apreendeu uma caminhonete equipada com uma parede de caixas de som no Parque Oziel. A denúncia foi feita por moradores. A música estava muito alta e havia aproximadamente 200 pessoas no entorno do carro.
Caminhonete foi apreendida no Parque Oziel com parede de auto falantes
Reprodução/EPTV
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.