Candidato a prefeito de Teresina, Pedro Laurentino (UP) testa positivo para a Covid-19


O candidato está assintomático e vai cumprir o protocolo de isolamento social. Candidato a prefeito de Teresina Pedro Laurentino (UP)
Reprodução/Redes sociais
O candidato a prefeito de Teresina Pedro Laurentino (UP) anunciou neste sábado (31), em redes sociais, que testou positivo para a Covid-19 na sexta-feira (30). Ele chegou a repetir o exame, que deu confirmou a doença.
“Vinha fazendo testes a cada 15 dias para devidas precauções e para evitar contaminar as pessoas. Estou assintomático, o teste deu positivo para IGG e IGM, sinal que a fase mais aguda da doença já passou, mas vou cumprir o protocolo de isolamento social”, declarou.
A campanha será tocada pela candidata a vice-prefeita pelo UP, Érica Ramona, e os vereadores do partido.
Além de Pedro Laurentino, os candidatos a prefeitura de Teresina Fábio Abreu (PL), Kleber Montezuma (PSDB) e Simone Pereira (PSD) também já foram infectados pelo novo coronavírus.
VÍDEOS: veja as notícias mais vistas do G1 Piauí
Decretos no Piauí de isolamento social
Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.
O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.
Prevenção, contágio e sintomas
Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia da Covid-19
É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.