Candidatos a prefeito de Franca dizem o que querem fazer para solucionar o problema das enchentes


Bacias de contenção, alargamento de córregos, cisternas nas casas, ampliação de áreas verdes e sistema de alerta a moradores estão entre as propostas apresentadas pelos políticos. Problema das enchentes é recorrente em Franca. Na imagem, Córrego dos Bagres transborda na Avenida Antônio Barbosa Filho
Igor do Vale/G1
O G1 publica nesta sexta-feira (16) uma reportagem com as promessas dos candidatos a prefeito de Franca (SP) para solucionar os transtornos causados pelos alagamentos na cidade. A pergunta enviada aos oito concorrentes foi “Qual a sua proposta para acabar com as enchentes em avenidas e controlar a vazão dos córregos durante as chuvas em Franca?”
Veja os planos para a Saúde
Veja os planos para a Educação
Os candidatos tinham até 30 segundos para a resposta, que deveria ser gravada pelo próprio candidato e enviada ao G1. Veja abaixo as propostas. Os nomes estão em ordem alfabética, segundo a inscrição para a urna:
Adérmis Marini (PSDB)
Adérmis Marini (PSDB) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato promete um plano de combate às enchentes com construção de parques lineares, bacias de contenção para segurar o volume da chuva até o escoamento nos córregos. Além disso, quer regulamentar o projeto IPTU Verde, com calçadas verdes e captação de água em casas e empresas.
Alexandre Ferreira (MDB)
Alexandre Ferreira (MDB) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato promete, como uma das soluções para as enchentes em Franca, a criação de bolsões inundáveis, áreas que serão projetadas para receber a água das chuvas. A estrutura será utilizada, segundo ele, para que o volume acumulado seja mais facilmente direcionado ao córrego.
Flávia Lancha (PSD)
Flávia Lancha (PSD) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
A candidata afirma que, para solucionar as enchentes, é necessário muito dinheiro, mas o município não tem orçamento. Por isso, defende que é preciso buscar verbas dos governos federal e estadual, além de soluções alternativas como piscinões, obras de drenagem e alargamento dos córregos.
Gilson de Souza (DEM)
Gilson de Souza (DEM) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato aponta, como solução para as enchentes em Franca, a contratação de uma empresa que vai estudar o alargamento e o aprofundamento do leito do córrego na Avenida Hélio Palermo. Além disso, Gilson de Souza menciona a execução de uma obra no bairro Engenho Queimado.
João Rocha (PSL)
João Rocha (PSL) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato promete tratar o problema em três frentes. A primeira delas, segundo ele, será com lagoas de contenção nas nascentes dos córregos. João Rocha também menciona cisternas secas nas casas e galerias às margens dos córregos para evitar que a água chegue rapidamente ao canal principal.
Marília Martins (PSOL)
Marília Martins (PSOL) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
A candidata afirma que, mais que obras pontuais, as enchentes envolvem uma questão ambiental. Ela defende a utilização de lajotas sextavadas em prédios públicos e ruas para melhorar o escoamento, a reutilização da água da chuva, além de abrir mais áreas verdes e cuidar das nascentes.
Orivaldo Donzelli (PTB)
Orivaldo Donzelli (PTB) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato afirma ter soluções que podem amenizar o sofrimento da população e dos comerciantes do município. Donzelli menciona que é possível estabelecer convênios e investimentos com o estado de São Paulo para garantir a prevenção contra desastres relacionados às enchentes.
Rafael Bruxellas (PT)
Rafael Bruxellas (PT) fala sobre problemas de enchente em Franca, SP
O candidato afirma que é possível reduzir os danos com um sistema de monitoramento que avisará moradores e comerciantes sobre a chegada das enchentes. Bruxellas também quer implementar o novo Plano Diretor e a expansão coordenada para aumentar áreas verdes e de solo permeável.
Calendário das eleições 2020
Confira abaixo as datas do calendário eleitoral deste ano:
após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;
27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
15 de novembro: primeiro turno da eleição;
29 de novembro: segundo turno da eleição;
até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.
Eleições 2018 em Franca, SP
Igor do Vale/G1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Eleições 2020
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”