Chapecó: motociclista teria avançado sinal vermelho, diz PM

A causa do grave acidente que tirou a vida de um idoso de 60 anos na manhã desta sexta-feira (30), no Centro de Chapecó, no Oeste, está sendo investigado pela Polícia Civil. A colisão frontal ocorreu entre um carro Golf e uma motocicleta XTZ250, ambos com placas de Chapecó.

Segundo informações da PM (Polícia Militar), testemunhas relataram que o motociclista teria avançado o sinal vermelho. Na sequência, ele teria sido atropelado pelo motorista do Golf  que transitava na rua Marechal Deodoro da Fonseca.

A causa do acidente ainda segue sendo investigada. – Foto: Polícia Militar/Divulgação

O condutor do Golf, um homem de 25 anos, contou à PM que seguia na via sentido Leste/Oeste e que o semáforo estava verde para ele, quando acabou colidindo com o motociclista que teria avançado o sinal vermelho. O motociclista seguia pela Avenida Fernando Fernando Machado, sentido Norte/Sul.

Com a colisão, o condutor da motocicleta morreu no local e o motorista do Golf não ficou ferido. Ele realizou o teste do bafômetro que teve resultou negativo para alcoolemia.

O IGP (Instituto Geral de Perícias) e a Polícia Civil estiveram no local para os procedimentos cabíveis. O motorista do Golf foi conduzido à delegacia onde seria ouvido e depois liberado. Ele deve responder por homicídio culposo.

Um veículo Palio e um Fiesta que estavam estacionados também acabaram atingidos pelo Golf, após a batida principal, mas tiveram  pequenos danos. O nome dos envolvidos não foi revelado e a velocidade no momento do acidente está sendo investigada.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.