CNH Social divulga os nomes dos 4 mil candidatos selecionados em Goiás; veja lista


Matrícula pode ser realizada pelo site do Detran até o dia 17 de novembro. Candidatos selecionados serão isentos de taxas como como Renach e licença de aprendizagem de direção veicular. CNH Social divulga lista de candidatos selecionados em Goiás.
Murillo Velasco/G1
Foi divulgada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran) a lista com os nomes dos 4.014 candidatos selecionados no programa CNH Social. Por meio dele, é possível obter, mudar ou até mesmo adicionar categoria à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) gratuitamente.
Confira a lista com o nome dos selecionados
A lista dos selecionados foi divulgada nesta quinta-feira (29). A partir de 3 de novembro, os aprovados terão até 15 dias para se matricular no site do órgão. Após a realização desta, o selecionado deve comparecer à uma unidade de atendimento do Detran-GO, Vapt Vupt ou Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretran) para entregar os documentos necessários e ativar o Registro Nacional de Carteira Nacional de Habilitação.
Em alguns municípios, que não foram divulgados, o atendimento presencial será feito com agendamento prévio. Por isso, o Detran-GO orienta que o selecionado entre em contato com órgão onde o documento será entregue antes de ir ao local visando a necessidade de marcação de horário ou agende pelo site do Detran. Segundo a autarquia, se os prazos forem descumpridos, a desclassificação do candidato é automática.
Os selecionados terão direito a isenção de taxas como como Renach, licença de aprendizagem de direção veicular, agendamentos de prova teórica, exame médico e psicológico. Pessoas com deficiência terão direito ao exame toxicológico e junta médica exigidos para categoria profissional. Além disso, os requerentes estão isentos ainda do curso teórico de legislação de trânsito, aulas práticas de direção e até três retestes.
Desempate de categorias
Segundo o órgão, os critérios para desempate foram renda familiar per capita, número de componentes do grupo familiar, existência de benefício social, data e hora da inscrição e maior idade, são utilizados conforme a categoria de cada perfil do candidato.
Na categoria estudantil, por exemplo, a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é substituída pela média obtida no ensino médio da rede pública estadual de Goiás, apurada por meio da Secretaria de Estado da Educação.
Recorde de inscrições
A segunda etapa da CNH Social bateu recorde de inscrições com 45.380 candidatos. Destes, 2.213 concorreram à CNH rural, 37.968 à urbana e 5.199 à estudantil. Para o Detran, o crescimento se deve a um aprimoramento no sistema, que agora realiza uma seleção prévia dos candidatos.
Já na primeira etapa, dos 90.355 inscritos, apenas 25.393 se encaixaram nos critérios. De acordo com o órgão, o filtro dos candidatos aptos era realizado após as inscrições.
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
VÍDEOS: últimas notícias sobre Goiânia e Região Metropolitana
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.