Com estoque baixo, Hemocentro de Taubaté faz apelo por doações de sangue

Estoque de sangue tipo A+ e o O+ estão muito abaixo do necessário. Doações em baixa no hemocentro de Taubaté
O Hemocentro de Taubaté está com o estoque abaixo do necessário para realizar o suporte dos 25 hospitais que dependem dele. Os tipos A+ e O+, que são os mais procurados, estão com baixa arrecadação.
Segundo a equipe do hemocentro, a baixa pode ser devido ao início da fase verde na região. A população está voltando ao trabalho e àas rotinas, por isso optam por adiar as doações. Outro motivo que desencorajou as doações é a preocupação com o coronavírus, entretanto, o hemonúcleo intensificou as regras de sanitização e higiene para que haja ainda mais segurança.
“Hoje nosso estoque está 40% abaixo do que seria ideal. A nossa meta é de 1.600 bolsas por mês e neste mês de outubro, que já chegamos na metade, nós ainda não atingimos 700 bolsas”, diz a agente de captação do hemonúcleo, Andréia Marta.
Para alguns cidadãos o ato de doar sangue vai além, pois é uma forma de retribuição pelas situações que precisaram receber. O personal trainer, Luiz Felipe Vaneli, sofreu um acidente de moto em 2019 e precisou ficar três meses internado. Neste período passou por 11 cirurgias e precisou receber oito bolsas de sangues.
“Eu sempre tive medo de agulha, como todos têm, vi que não precisava ter medo e é algo importante. A doação aqui é muito rápida, uma picadinha, e você salva muitas vidas né, inclusive estou aqui como a prova viva”, relata Luiz.
O hemocentro funciona de segunda a sexta das 8h às 16h e aos sábados das 07h30 às 11h. Para mais informações o telefone do local é (12) 3624-1273.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”