Comitê que discute volta às aulas em Florianópolis analisa protocolo

O comitê estratégico que define os protocolos para a retomada das aulas em Florianópolis realizou a primeira reunião nesta terça-feira (29). Na ocasião foi apresentada a minuta do protocolo, que ainda deverá ser aprovada, e foram aceitos novos integrantes para o comitê.

Comitê analisou a primeira versão de protocolo feita pela Prefeitura de Florianópolis, que prevê as regras que regerão possível retomada às aulas – Foto: Divulgação/ND

O encontro teve início a partir das 14h. A equipe do comitê conta com integrantes das diferentes secretarias municipais (Saúde, Educação, Assistência Social), além de representantes das escolas particulares, entre outros.


https://static.ndonline.com.br/2020/09/WhatsApp-Video-2020-09-29-at-16.09.36.mp4https://vou.leraqui.net/wp-content/uploads/2020/09/WhatsApp-Video-2020-09-29-at-16.09.36.mp4

De acordo com o secretário municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira, novos integrantes foram aprovados na ocasião. A partir da próxima reunião também farão parte membros do Ministério Público, da Defesa Civil, e das Associações de Pais.

Protocolo passará por análise de comitê

“Foi apresentada a agenda de trabalho, a minuta do protocolo de retorno as aulas e discutido convites para outras entidades que tem vontade de participar”, afirma Fernandes. As aulas devem voltar no dia 13 de outubro, caso o quadro epidemiológico na cidade esteja no nível “moderado”.

Com a minuta em mãos, os integrantes definirão o protocolo definitivo na próxima reunião, marcada para a tarde de sexta-feira (2).

O documento, que também leva em conta os protocolos da Secretaria Estadual de Educação, deve passar também por análise do Estado.

O documento determina a aferição de temperatura na entrada das escolas, o afastamento de 1,5m das carteiras, a disponibilidade de álcool gel, entre outras coisas.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.