Confiança na Indústria avança e indica que o pior da crise já foi superado, diz FGV

Indicador subiu avançou 8 pontos em setembro e alcançou o maior nível desde janeiro de 2013. O Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou 8 pontos em setembro, alcançando 106,7 pontos, o maior nível desde janeiro de 2013 (106,7 pontos), informou nesta segunda-feira (28) a Fundação Getulio Vargas.
“A sondagem de setembro mostra o setor industrial satisfeito com o momento presente e moderadamente otimista em relação aos próximos três meses. Na opinião dos empresários, a demanda estaria satisfatória, o nível de estoques está confortável e haveria expectativa de aumento de produção e do quadro de pessoal no curtíssimo prazo. Esse resultado sugere que o pior da crise já foi superado e que o setor teria fôlego para continuar a apresentar resultados positivos no próximo trimestre”, afirma Renata de Mello Franco, economista da FGV-IBRE.
O pesquisador destaca, porém, que o nível mais baixo do indicador que mede o otimismo com a evolução do ambiente dos negócios nos seis meses seguintes, evidencia a preocupação do setor com o ambiente de negócios a partir de 2021. “Uma cautela possivelmente motivada pela incerteza com relação aos rumos da economia após a retirada dos programas emergenciais do governo”, avaliou.
Com o resultado, a média do terceiro trimestre alcançou 98,4 pontos, 32,7 pontos acima da média do segundo trimestre (65,7 pontos).
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”