Corpo de estudante da UFRJ encontrado morto em Nova Iguaçu é enterrado no Rio


Enterro acontece uma semana antes de jovem fazer aniversário. Marcos Winícius desapareceu após um encontro de família na Zona Sul do Rio. Ele deixou o local de bicicleta e apareceu morto a 42 km de distância. O corpo do estudante da UFRJ Marcos Winícius Coelho, encontrado morto em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foi enterrado nesta quarta-feira (14) no Cemitério do Caju, Zona Portuária do Rio. A cerimônia de despedida do rapaz, de 20 anos, aconteceu uma semana antes dele fazer aniversário.
“Só Deus para consolar nossos corações. Mesmo sem chão, eu acredito e confio no Deus que eu sirvo e sei que ele vai me dá forças para suportar essa dor que está destruindo meu coração”, desabafou a mãe em uma rede social.
O aluno cursava a faculdade de farmácia depois de se mudar de Altamira, no Pará, para o Rio de Janeiro. A família do jovem disse ao G1 que o jovem não relatou nenhum episódio de desavença em um encontro que ele teve com os parentes no dia 8 de outubro, em um shopping de Botafogo, horas antes de desaparecer.
Marcos, de 20 anos, foi visto pela última vez ao deixar o shopping, na Zona Sul, de bicicleta. O corpo dele foi encontrado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.
Ao se despedir dos parentes, ele disse que ia passar em casa, na Urca, e depois iria encontrar amigos em uma festa na Barra da Tijuca, mas logo depois não foi mais encontrado.
Marcos Winicius
Reprodução/TV Globo
‘Não tinha inimigos’, diz amiga
O G1 entrou em contato com a mãe de Marcos, Paula Tomé, que estava muito abalada e pediu para ser representada pela amiga Alessandra na reportagem. Alessandra revelou que Marcos não tinha inimigos e que também não relatou para a família nenhum episódio de brigas ou desavenças.
“Ele não comentou nada sobre brigas, não tinha inimigos. Infelizmente, não temos mais informações que possam ajudar a desvendar tudo isso. A família está em um retiro, é um momento de os familiares ficarem tranquilos. A Paula pede para agradecer a todos que se movimentaram e ajudaram nas buscas pelo Marcos”, comentou a amiga da família.
Marcos foi encontrado na terça-feira (13), na Via Dutra, em Nova Iguaçu, a 42 km de distância de onde ele estava com familiares, no shopping de Botafogo.
De acordo com a polícia, o corpo de Marcos tinha marcas que podem indicar perfurações por tiros. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).
A polícia pede que quem tiver informações que possam ajudar nas investigações que mande mensagem pelo Whatsapp (21) 98596-7442.
Corpo do estudante Marcos Winícius Tomé Coelho foi encontrado em Nova Iguaçu
Reprodução
VÍDEOS: Os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”