Covid-19: SC deixa de contabilizar mais de 32,8 mil casos por falha nos dados

Um erro de contagem levou Santa Catarina a contabilizar mais 32.882 casos de Covid-19. A falha no sistema de acompanhamento da pandemia foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde na manhã desta segunda-feira (31).

Segundo o órgão estadual, o número de casos que deixaram de ser contabilizados pode ser ainda maior. O boletim atualizado será divulgado por volta das 16h. Com a descoberta da falha, o número total de casos de Covid-19 passa, por enquanto, de 146.864 mil para 179.746 mil.

A Secretaria de Saúde informou que desde a última semana estava trabalhando junto com o Ciasc (Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina) para esclarecer as divergências nos dados entre município e Estado. Foi feita a reavaliação caso a caso dos números fornecidos pelos municípios.

O órgão ressaltou ainda que as inconsistências não influenciou na contabilização dos óbitos causados pelo novo coronavírus em Santa Catarina.

Falhas nos sistemas

Após a revisão dos sistemas que acompanham os dados de controle da pandemia, a Secretaria apontou a necessidade de duas melhorias.

O primeiro erro é que alguns casos possuíam mais de uma notificação feita pelos municípios ou pelo Estado, com critérios de confirmação diferentes para a Covid-19. Sendo assim, quando um caso como esse surgia, ele não era contabilizado pelo Estado.

Foi necessário realizar ajustes na estrutura de dados para que esses casos passassem a ser contabilizados como casos confirmados.

O segundo aprimoramento diz respeito à plataforma SC Digital. O programa recebe a informação de todos os testes para Covid-19 realizados pelo laboratórios privados, independente da metodologia aplicada.

Essas informações são transferidas através de uma planilha para a estrutura de dados. Porém, uma vez que os resultados dos testes não eram inseridos no SC Digital de forma padronizada, a plataforma não conseguia realizar a leitura de todos os casos confirmados.

“Muitos resultados de testes sorológicos aparecem como números, o resultado pode ser considerado como um caso de Covid-19 a partir de um valor de referência, estes casos não podem ser inferidos por meios automáticos.”, informou.

Correção

Conforme a Secretaria, após a análise detalhada da estrutura de dados, foi possível detectar os erros e realizar a correção. Para aperfeiçoar o processo, será disponibilizado, em parceria com o Ciasc e o MPSC, a estrutura de dados completa a cada município.

Assim, as secretarias municipais de saúde poderão avaliar e confrontar os números estaduais com aqueles presentes nos seus próprios sistemas, apontando as falhas e corrigindo as informações, quando necessário.

Sistema de controle dos dados da pandemia apresentou falhas na contagem – Foto: Divulgação/ND

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”